(Imagem retirada pela internet)

Costumo mencionar aqui no site as ofertas que recebo das marcas (ver aqui na Categoria Publicidade).

Ofertas e parcerias, passatempos e posts pagos.

E eu agradeço muito o envio. De coração.

Mas no outro dia, recebi um email que me intrigou.

Dizia assim:

“Com tanta oferta, não sei como ainda não estás rica…..não recebeste a…….da marca…….?”

1º – Não é com as ofertas que fico rica.

2º – Nem com os posts patrocinados.

3º – Não costumo colocar detergentes na mesa para comer

4º – Tenho algumas marcas que deixaram de me oferecer coisas (refiro-me à ultima parte do email).

E porquê?

Porque infelizmente tive vários abusos.

Fui “riscada” da lista de algumas agências porque não trabalho de borla.

Peço desculpa por isso, mas vocês também não gostam, pois não?

Um exemplo, mais especifico.

A Mónica colaborou com uma marca, enviando dicas de borla, para a Sra. assinar como se fosse dela.

Depois de enviar por 10 x essas mesmas dicas, a Mónica achou que já estava na altura de haver uma avença, mesmo que pequena. Repito, não gosto de trabalhar de borla. Tenho contas para pagar, tenho comida para pôr na mesa, etc.

A Mónica não vai a 20 eventos por mês, devido a estes casos de abuso.

Como não gostaram da minha resposta, já não me convidam para “coisas fixes”.

É o meu trabalho que me paga as contas e pensam que por estar com o dinheiro contado, devo aceitar tudo. Não minhas amigas. Dar borlas não acrescenta dinheiro à minha conta bancária. Garanto-vos que não. Não gosto de trabalhar de borla. Ponto.

Isto tudo para explicar e responder à pessoa que me enviou o email, porque não foi o primeiro que recebi.

Related Posts with Thumbnails