Das vezes que precisámos de pintar a casa (esta e a antiga), fui eu que o fiz. Gosto de pintar, e tinha lá estas dicas para me ajudar a preparar as paredes e afins…e resolvi partilhar com vocês.

Uma boa preparação é essencial para um bom resultado, porque nenhuma tinta ou papel de parede consegue aderir a superfícies lascadas e qualquer pequena falha poderá se acentuada em vez de disfarçada.

– Planeie gastar dois terços do tempo a preparar as superfícies e o terço final a pintá-las.

– Retire o máximo de móveis que for possível e cubra com capas tudo o que não possa ser retirado. Cubra os puxadores das portas com folha de alumínio ou um saco de plástico e cubra também os interruptores e tomadas para evitar manchá-las de tinta.

– Afaste os animais das tintas e das superfícies recentemente pintadas. Poderão ser incomodados pelos vapores, mas, inevitavelmente, acabarão com as patas e cauda manchadas de tinta, além de deixarem pêlos agarrados às superfícies pintadas.

– A única maneira de garantir que a tinta não ficará espalhada pelo chão de toda a casa é usar um par de sapatos velhos enquanto pinta, descalçá-los e deixá-los à porta do local que está a pintar quando sair.

– Se as paredes se encontrarem em boas condições, lave-as com uma solução franca de detergente e água, enxagúe-as e deixe secar. Lave as paredes de baixo para cima e certifique-se de que lava cada parede de uma só vez – não abandone o trabalho para atender o telefone ou abrir a porta da rua se não quiser ficar com uma marca de sujidade que será quase impossível de remover e difícil de disfarçar.

Related Posts with Thumbnails