Search here...
TOP
Aproveitar Poupar

Dia da Marmita #1

Tenho andado para fazer este tipo de post há bastante tempo, porque tenho imensas leitoras que me pedem opções para levar para o trabalho.

Dei aqui algumas sugestões mas faço sempre refeições variadas e saborosas que decidi partilhar.

Cada vez mais pessoas levam a marmita para o trabalho. Eu lembro-me que quando comecei a almoçar no emprego, havia poucos colegas que o faziam. Muitos até olhavam-me de lado por causa disso, agora é vê-los na fila do microondas 🙂

Era fino almoçar fora, mas depois de fazer este “tipo de vida” durante alguns meses, achei que era um balúrdio o dinheiro que eu gastava por mês, e passei a levar a minha comida, poupo cerca de 6 euros (quando não é mais) por dia. Por isso há anos que levo o meu almoço e poupo esse dinheiro. Smart girl! 🙂

Vou começar com posts com este tema a dar algumas sugestões de refeições para levar para o emprego, refeições que podem ser aquecidas no microondas.

A que mostro em cima é sobras de Bacalhau com Batatas e Grão. Sobrou um pouco e fiz um Bacalhau à Gomes de Sá e acrescentei o restinho de grão. Ficou delicioso.

Coloquei no prato para tirar a foto, mas depois pus na minha caixa hermética.

Espero que gostem!

Related Posts with Thumbnails

«

»

47 COMMENTS

  • Sílvia S.

    Já trago almoço para o trabalho há muito tempo. Os motivos vão desde o facto de ser económico ao facto de ser mais saudável. A verdade é que cada vez se vê mais pessoas a trazer comida de casa, são os sinais dos tempos!

  • Mónica B.

    Olha que boa ideia de posts… Eu também sou da turma da Marmita, e não tenho imaginação para fazer comida para levar e acabo sempre por levar o mesmo.

    Esse bacalhauzinho tem muito bom aspecto…

    Beijinhos

    MB

    • Monica Dona de Casa

      Mónica B.

      Estava mesmo bom!

      Bj.

      M.

  • Sandra Amaral

    Olá Mónica,

    Tem muito bom aspecto…

    Pena tenho eu de não ter microondas no meu emprego, também tento praticar esta moda, mas comida fria… ás vezes custo um bocadito.
    Tirando sandes, iogurtes, fruta e uma sopita que ás vezes como fora.
    Começo a ficar sem ideias do que levar.
    Mas não há vergonha nenhuma em levar o nosso almoço, e quem não gostar, tem sempre bom remédio… põe na borda do prato.

    Que tenha um dia em pleno e tudo lhe corra bem.
    E continue com o seu site, que para mim é uma maravilha e com qual já aprendi muito. Parabéns.
    Cumprimentos,
    Sandra Amaral

    • Monica Dona de Casa

      Sandra,

      Obrigada.

      E um termos?

      Bj.

      M.

      • Sandra Amaral

        Já cheguei a trazer, umas vezes conserva bem, outras a comida está fria.
        Acho que vou ter que comprar outro.

        Obrigado.
        Bjos
        Sandra

        • Nina

          Acontecia-me isso principalmente se fosse massas ou arroz ou batatas fiava frio, se fosse sopa mantinha quente

          Então passei a fazer assim:
          ferver agua e deitar dentro enquanto aqueço o comer. Depois deito fora e coloco o comer dentro e fecho. Consigo sempre o comer quente.

          • Sandra Amaral

            Muito obrigado Nina,____vou experimentar…____Bjos__Sandra

  • Carla

    Gosto da ideia! Também aderi à "marmita" em 2008 e até agora (e cada vez mais!) continuo a achar que é a melhor solução!
    Também sei o que é isso da fila para o microondas, hehehe!!!
    Eu costumo fazer mais ao jantar para o dia seguinte…

  • Joana

    Já há algum tempo que faço isso para levar para a faculdade.
    A diária na faculdade, ainda que seja na cantina, é cerca de 5 euros. Por isso, como o que gosto e o que levo de casa.
    Poupo dinheirinho e é muito gostosinho.

    Beijos,
    Joana
    ______________________________
    http://o-mundo-do-lucas.blogspot.com

  • rita

    Ola Moinica . Tenho uma pergunta que nao tem nada a ver com este post, poderas dizer-me com que programa elaboras as tuas listas ? Obrigada e obrigada pelo blog . Beijinho Monica e uma boa semana

    • Monica Dona de Casa

      Rita,

      É em Corel.

      Bj.

      M.

  • apequenadonadecasa

    Olá Mónica, entrei nesta empresa onde estou agora em 2009 e durante os primeiros 3 meses ainda ia almoçar fora com os colegas, porque "ficava mal" sacar do tupperware e almoçar na micro-copa que temos. Mas pensei melhor e como quem manda na minha carteira sou eu, comecei a trazer a marmita na mala térmica (que já mostrei no blog) e sem vergonhas comecei a almoçar. De início estava sozinha, mas entretanto já apareceram mais 4 colegas a almoçar comigo e agora com a redução/taxa no sub de almoço, mais colegas vão começar a trazer o almocinho. Poupa-se muito dinheiro ao fim do mês, come-se o que se escolhe e é bem mais saudável.
    Beijinhos

  • Sofia

    Nem sempre é por se mais fino… Na empresa onde eu trabalhava proibiram os microondas e havia um café/restaurante, onde o almoço completo era 5€ para funcionários. Mesmo assim, eu preferia a marmita, mas não era possível (no inverno, comida fria :()

    • fernanda

      E umas marmitas termicas, não será uma idea.

  • BéMorais

    Bom dia Mónica, mais uma ideia fantástica, eu desde que me juntei e fui morar para lá de 30 Km do meu trabalho, passei a utilizar o comboio em vez do carro poupo cerca de 150 € por mês de gasolina e cerca de 50 € em portagens, se fosse almoçar fora todos os dias estava desgraçada com a minha vida 🙂 assim também faço como tu, trago o almoçinho, temos cozinha cá, então almoço cá com um colega, e acaba por ser uma hora descansada e poupada 🙂

  • Vânia

    Também comecei a trazer almoço para o escritório.
    As tuas sugestões certamente serão muito úteis;)

    Beijinhos

  • Marta

    Acho muito boa ideia:)
    Numa altura em que a população é obrigada a contar todos os tostões, esta é sem dúvida, uma excelente dica:))

  • Susana

    Ola Mónica bom dia.
    Espero que se encontre tudo bem contigo.
    Hoje vim aqui comentar porque gostava que me desses uma pequena ajuda/sugestão, se puder ser….
    Bom, a questão é a seguinte; eu vivo ainda na casa dos meus pais, mas nesta casa não temos despensa, ou o que possamos chamar de tal, sendo que a "despensa" da minha mãe é duas portas no armario da cozinha, resultado: enorme confusão principalmente entre pacotes de massa e arroz.
    Recentemente descobri um recipiente para o esparguete e esse ja se encontra sempre la dentro, ms no armario a confusão mantem-se e eu nao me ocorre nada! Adorava organizar aquela confusão a minha mae até porque procurar qualquer coisa la dentro é como procurar uma agulha num palheiro. Podes ajudar-me?

  • Claudia Mateus

    Bom dia Mónica,
    Eu sou 100% adepta das marmitas. De manhã aqueço leite e ponho na minha termos, dá para o meio da manhã, e para o lanche (acabei com os pacotinhos de leite). O Chá, faço de manhã e vem numa termos também (vou bebendo durante o dia quentinho). Trago ainda pão, bolachas, e fruta. Aproveito as manhãs de domingo para cozinhar mais que 1 prato e congelo. Para hoje tenho empadão 🙂
    Bjs

  • Marta

    Olá Mónica,

    Gosto muito desta nova iniciativa. Eu também sou adepta da marmita, com um problema: no meu trabalho não tenho onde aquecer. Tenta também dar sugestões de comida frias para os "pobres" 🙂

    Beijinhos.

    • isabel

      pq nao se junta com os colegas e adquirem um microndas eram vantajoso para todos

    • Filipa S.

      Olá Marta, no meu antigo emprego tb n havia microondas e no inverno nós colocavamos as tupperwares en cima dos aquecedores a óleo 1h antes de ir almoçar… 😉 comida quentinha no inverno! Agr neste emprego tb ja temos uma pequena cozinha e torna-se tudo mais facil! Sou adepta das marmitas à cerca de 8 anos! 😉

  • Teresa

    Olá Monica! É a 1º vez que comento mas sou sua seguidaora já há algum tempo. Fala-se muito na crise, que as pessoas gastavam mais do que podiam e isso é uma grande verdade. Não sei como a maioria dos portugueses conseguiam, para alem dos creditos com a casa, carro, viagens todos os anos, ainda almoçar fora todos os dias. Eu, em 23 anos como trabalhadora, nunca ( a não ser em caso de aniversario de colegas) almocei fora. Nunca. Levei sempre de casa e sempre tentei repartir a "boleia" com o meu marido. Durantes vários anos só houve um carro lá em casa (e o meu trabalho não fica pelo caminho….)- Só assim é que hoje vivo desafogada! Pagámos a casa em 12 anos (atençao que não temos ordenados altos!). Viagens? uma de 4 em 4 anos, mais ou menos e sou muito feliz. Não preciso de ir todos os anos pro Brasil nem pras Caraíbas. Mas agora é vê-los cada vez mais com a marmita! Aos poucos estamos a regressar aos hábitos de antigamente. E acho que as pessoas vão ser mais felizes no futuro!

  • Nina

    Olá
    Eu desde que comecei a trabalhar (2005) sempre levo o almoço para o trabalho. Infelizmente no meu trabalho nao tem microondas, mas levo no termo e como sempre quente. Lá porque não tem microondas não quer dizer que se tenha de comer frio.
    Normalmente faço mais ao jantar e aqueço de manhã.
    Digo-te que não faço ideia do que é um mês a almoçar fora, isso nunca. Pesa muito no orçamento que cada vez mais custa a orientar.

    Bjs
    http://pouparcomacrise.blogspot.com/

  • Sónia Rodrigues

    Bom Dia Mónica

    Eu sou uma sortuda, trabalho ao pé da casa dos papás e vou tds os dias lá almoçar!
    Não podia ser melhor 🙂
    Os meus miúdos levam tds os dias comida pra escolinha assim poupo 150€ nas mensalidades, sinceramente dá-me um bocadinho de trabalho, mas com a entrada da + nova na escolinha teve q se aplicar esta medida.

    Bjs e Boa Semana

  • Mónica

    Eu sou das poucas sortudas deste país que posso almoçar em casa todos os dias, mas tenho que deixar o almoço pronto do dia antes, sob pena de não ter tempo de preparar nada e acabar a comer asneiras.
    Não uso marmita, mas o procedimento de preparar o almoço funciona da mesma forma.
    Obrigado por partilhares as tuas ideias.

  • Luz

    Eu desde que comecei a trabalhar, que trago a dita caixinha comigo… Trago desde o pequeno almoço, um copinho da Tuperwere com o leitinho e é só aquecer, ou chá… Ao almoço, a mesma coisa, comidinha caseirinha e já está… Custumo trazer restos do jantar anterior, e quando não há, faço alguma coisa rápida, uma massa, uma hamburger… Isso depende da vontade… Sopa só, raramente trago, porque sou uma mocinha de bastante alimento… Para aquela que não têm microondas no tabalho deixo uma sugestão… Se forem almoçar fora os 22 em que trabalham, fazendo as contas a 6€ a refeição isso dá: 132€ por mês! Aqui à tempos havia uma promoção na worten em que um microondas custava apenas 30€, se no vosso trabalho tiverem espaço, não vos compensa comprar um? E até podia ser que mais colegas entrassem para a despesa… Compensa e muito arranjar soluções… Caso vissem que mais gente aderiam, ficavam com um microondas bem baratinho (: o que iam poupas nos meses seguintes, seguramente que valeria a pena!

  • Cláudia

    Eu sou fã da marmita para todas as refeições, desde o almoço aos lanches!

  • TF_

    Olá Mónica,

    Eu também sou adepta da marmita, já há cerca de 10 anos. Optei pela marmita porque comecei a engordar, o colestrol também disparou e ficava muitas vezes com dores de estômago.

    Para além de ser mais económico é muito mais saudável!!!

    Beijinhos e continuação de boas dicas!
    No verão sou adepta de saladas, de inverno vai o que estiver a jeito 😀

  • osbabinhos

    Eu ja faço isso a uns 10 anos atras… e foi uma luta para a entidade patronal comprar um microondas…
    Bjs

    As Papinhas dos Babinhos

  • Ana Paula Coelho

    Olá Mónica,

    Também há já uns anitos que aderimos à Marmita. Convenci o meu chefe aqui na empresa a compramos um microndas e uma cafeteira elétrica (não temos água quente canalizada). Passámos a trazer comidinha de casa e poupamos quase 100 euros mensais (agora ainda mais porque aumentou o valor do almoço na cantina). Na altura em que começámos a trazer a marmita, as pessoas olhavam-nos de lado, depois fui reparando que essas mesmas pessoas passaram a trazer saquinhos de perfumaria (o que será que continha…LOL).
    Também deixei de ter taparueres com sobras em casa e comecei a comer melhor e nas quantidades que queria, porque nessa cantina também colocavam no prato quantidades industriais de arroz e batata frita (…).
    Uma beijoca e tenha uma boa semana
    Ana Paula

  • rita

    Sempre levei marmita. Quando não me foi possível levar a marmita, a carteira emagreceu e eu, engordei imenso. Levar a comida de casa, além de mais económico, permite que controles a qualidade e a quantidade. http://osdiasdanossavida.blogspot.com/

  • Nhammi

    É uma excelente dica essa da marmita!! eu adoro a ideia, quando tiver um emprego vou fazer isso! 🙂 Poupa-se dinheirinho e come-se muito bem! para já, o meu conceito de marmita resume-se a levar umas bolachinhas e um cházinho na minha SIGG para a faculdade. Já nao é mau! mas se o preço das cantinas continuar a subir se calhar temos de pedir um micro ondas tb 😛 😛

  • DCosta

    Olá Mónica,
    Os meus sinceros parabéns pela pertinência deste post.
    O hábito da dita marmita acompanha-me desde sempre. Penso que começou por influência dos meus pais, por exemplo, se íamos dar um passeio a qualquer lado a minha mãe levava sempre um saco térmico com àgua, fruta, bolachas ou sandes, leite ou sumo, minimizando assim qualquer gasto adicional proveniente dum passeio em familía.
    Quando entrei para a faculdade, por esta ser privada a marmita foi a maneira que arranjei de não sobrecarregar o orçamento familiar dos meus pais, pois só o prato eram 5€, sopa, bebida, sobremesa era tudo pago à parte. Levava a minha marmita e sempre gostei muito embora fosse a única aluna da minha turma a fazê-lo o que causava estranheza nos outros alunos (nunca me incomodou).

  • DCosta

    Quando comecei a trabalhar tinha microondas no local onde estava, mas também já passei por sitíos que não tinham e aí investi num bom termo e dei continuidade. Actualmente estou casada e tanto eu como o meu marido temos onde aquecer a comida e levamos as nossas marmitas. Outra das medidas que adoptámos foi comprar um copinho da tupperware para levar o leite saindo bem mais económico do que os pacotinhos.
    Cá em casa come-se fora em ocasiões especiais e acho que assim é que faz sentido.
    Cumprimentos.

  • isabel

    ola monica eu tb levo desde o pequeno almoço, almoço e lanche tudo assim poupo e como bem, bjsssss

  • apc

    Tem muito bom aspecto, sim senhora. Mas já me habituei à ideia de que o que cozinhas são assim, com esse ar apetitoso! 🙂

    Houve uma altura em que comprei um microondas a meio com a minha colega de trabalho, decididas a levar o almoço de casa. O que é certo é que não o rentabilizámos lá muito, porque sempre que uma de nós não tinha tido tempo para cozinhar na véspera, a outra compadecia-se, e lá íamos nós à rua. Até porque chega uma altura em que faz falta apanhar ar e ver gente. E nada como fazê-lo ao almoço, com a descontracção que a andar pela rua fora não temos. Seja como for, tenho saudades do tempo em que almoçávamos numa cantina (e era numa multinacional). Gosto de confraternizar, e cada vez mais somos uns solitários ridículos, em busca de um espacinho diminuto em restaurantes impessoais para uma refeição apressada.
    Não haja dúvida que a solução está no que dizes; e cada vez mais!…

    Reparei que inviabilizaste os comentários ao teu post "Coisas de que gosto" (o "de" faz lá falta"). Não sei porquê, mas queria dizer que fui ao site e os acessórios são caríssimos! 40, 50 e 60 e tal euros por uma echarpe eu só daria se antes tivesse dado esmola a um faminto, porque me custa gastar em coisas supérfulas o suficiente para um indigente consegir alimentar-se durante um mês! Mas achei bonito!

    • apc

      "já me habituei à ideia de que o que cozinhas são assim", lol – o que eu fui escrever! Queria dizer "o que cozinhas é assim" ou "as coisas que cozinhas são assim", mas pela madrugada dentro não sou eu quem escreve, é a outra de mim, aquela que já dorme e não o sabe.

      😛

    • apc

      Ah, e "comprei um microondas A MEIO com a minha colega"… Enfim, sem comentários! Se eu pudesse apagava o comentário e escrevia tudo de novo (lol). Quer dizer… Escreveria se "consegisse" (sem u!!!), eheheheh! 😛

  • elisabeta

    Oi, Monica. Eu cá tb sou marmiteira e o meu homi também.
    Beijokas

  • vee

    A minha empresa tem contrato com uma empresa que fornece o refeitório e no meu caso não compensa, já fiz contas e fica ela por ela. Mas se tivesse de ir almoçar fora sem dúvida que optava pela marmita, é que para além de ser mais barato muitas vezes também é uma opção mais saudável.

  • Tita

    Olá Mónica!
    Parabéns pelo Blog! Está fantástico! Conheci-o há pouco tempo, mas já sou fã!! Acho o máximo isto de partilhar ideias para levarmos comidinha para o emprego!! Faz muito jeito!! Ainda não adoptei essa medida por uma questão de comodismo… tenho a mamã a fazer-me o almoço todos os dias :-). Mas estou a pensar seriamente nisso.. até pq poupava algum dinheiro no gasóleo! Mas dia sim, dia não preparo a "marmita" do maridão! Ele é camionista e uma das refeições ele faz no camião. Só que é um desesperooooooo!! Faltam ideias… Ele aquece a comidinha naqueles fogões pequeninos da camping gaz, e nem sempre se faz comidinha com calda para aquilo não ficar tudo pegado… para mim (pobre de ideias) é um desatino… Qualquer sugestão é bem-vinda!! Preciso variar um pouco mais a alimentação dele, tadito… já basta dormir pouco.. comer mal é que não!! :-)))

  • Alexas

    Boa 🙂 deveriamos criar o Clube das Marmitas! (como havia as do Tupperware) eheheh… Eu sempre fui apolegista desta ténica, consigo poupar muito no final do mês e além de que trago a comida que eu quero e saudável. 2 em 1: poupo na carteira e contribuo para uma boa alimentação.

    Bons almoços de marmita 🙂

  • Filipa Sofia

    Eu faço marmita e preparo para o meu marido tambem. Normalmente faço sopinha ou então redon…
    Bjs grandes.

  • Artes da Guida

    Olá Mónica. Desde que trabalho que sempre trouxe marmita para o trabalho, como não tenho microondas uso um termo e a comida mantém-se quente até à hora da refeição. Também o meu marido leva a marmita que aquece no microondas, desde que fecharam o refeitório lá no trabalho. Trago lache para a manhã e para a tarde e tenho café de graça. Desta forma já poupamos muito em almoços e lanches no café. beijinhos

  • esposaperfeita

    As marmitas para mim são um problema. Eu gosto de comer basicamente qualquer coisa, porém o marido, come muita pouca coisa na marmita, a marmita dele é daquela a vapor e ele não gosta de nada que solte sumo porque se mistura na comida e ele não come, não gosta de coisas que ficam moles, como empanadas…desta forma tudo acaba sendo ruim para comer na marmita. rs
    Quando quiser me fazer uma visitinha, minha casinha virtual é aqui http://esposaperfeita.wordpress.com/
    Fica com Deus, abraços!

Responder a Sofia Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *