Eu adoro jantares convívio. Aliás já tinha mencionado neste post que eu preciso de convívio.

Gosto também do planeamento, da organização e depois ver que o pessoal ficou super satisfeito e quer voltar à  minha casa. Dantes fazia muitos, agora faço menos, mas gosto muito quando tudo corre bem.

Mas para que a organização corra sobre rodas, eis algumas dicas que a ajudarão a passar um bom bocado, ao lado das pessoas que gosta.

O melhor é ter tempo para preparar tudo. Marque o jantar com dias de antecedência.

Veja primeiro o que tem na despensa e no congelador. Pense em fazer uma refeição de forno para não ter que perder muito tempo com ela. Enquanto a comida está a cozinhar, dá tempo para preparar as entradas.

Há algumas caseiras que pode fazer, que farão as delicias do convidados.

Pão de alho, patés e até os ovos cocotte são uma óptima opção e económica também. Porque no fim de contas a parte financeira também conta e muito.

Por isso aconselho a escolherem uma ementa utilizando o que já têm na despensa, porque assim reduz a lista de compras.

Prepare as sobremesas no dia anterior para não andar atarefada no próprio dia.

Tenha sempre sumo e água das pedras, prepare gelo com antecedência (não há nada pior do que faltar gelo).

Tenha em atenção as alergias dos convidados.

Faça uma escolha de música ambiente. Detesto ter a televisão ligada, acaba sempre por alguém “se perder” e olhar para o aparelho.

Pense também em jogos de tabuleiro para depois do jantar. Coloque logo as opções à vista e assim a noite flui para um momento de convívio agradável.

Se a sua situação financeira não permite suportar todas as despesas com este evento, fale com os convidados e explique a sua situação. Se cada pessoa ou casal levar um prato, ou sobremesa ou mesmo bebidas, acaba por reduzir e muito a sua despesa.

A vida custa a todos.

Related Posts with Thumbnails