Todos os anos é a mesma coisa.

Todos os anos fazemos planos e traçamos objetivos.

Eu, neste momento estou muito melhor do que estava no ano passado por esta altura e é por isso que vejo que avancei, que os meus objetivos foram cumpridos ou quase 😊 já que ainda tenho imensa coisa para fazer e concretizar. Sou uma eterna insatisfeita.

Tenho assuntos para resolver e só peço saúde para conseguir trabalhar para pagar as contas.

E é aí que os planos entram.

Devemos começar o ano com outro pensamento. Rever o que não fizemos e colocar tudo numa lista. Acreditem que tomar nota é importante. Colocar o √ num item é de uma satisfação tremenda. Eu funciono muito assim. Acabo um concentro-me logo em acabar outro. Cometi muitos erros e aprendi muito com eles. Sei o que quero mas mais importante, sei o que não quero.

Ora vamos lá ver esta listinha:

Devemos saber para onde vai o nosso dinheiro. Controlar os ganhos e os gastos. Verificar as despesas mensais e sazonais. Planear para estar preparado no caso de acontecer um imprevisto. E acontece sempre.

Fazer orçamentos mensais. Ver o que gastou a mais num mês e tente reduzir no outro. Ao longo do ano poupa uma quantidade impressionante de dinheiro.

Traçar objectivos a longo prazo. Tratar no presente para concretizar sonhos caros que tenciona adquirir no futuro.

Viver abaixo dos rendimentos. Acreditem que esta é MUITO importante. Pode não sobrar nada, mas não ter dinheiro a negativo é uma sensação brutal.

Poupar um poupo todos os meses. Esta é complicada para a maioria, mas se conseguir poupar numas coisas para pagar a pronto outras coisas, já está a atingir o objectivo.

– Seja pro-activo e deixe-se de lamurias. Não tenho muita paciência para quem se queixa mas não se mexe para mudar. Irrita-me até. O comodismo é uma palavra que detesto. Faz-me urticaria. Eu posso não conseguir tudo o que pretendo a curto prazo mas tento, e tento, e tento. Não estou à espera que me batam à porta. E olhem que muitas vezes o cansaço quase vence, mas penso no que estou a perder e levanto-me logo.

Fazer a tal chamada, nem imaginam o que poupam (vejam mais neste post).

Verificar o que tem e se não precisa e não vai usar, trate de vender para ganhar algum dinheiro extra. Ninguém precisa de tralha.

E ter uma mente aberta nestas questões de poupança. Muitas vezes oiço dizer que o importante é viver. Pois, o importante é viver, mas sei que muitas pessoas vivem à conta do cartão de crédito e de empréstimos. As aparências são mais importantes.

Já vivi isso. Agora não. Precisamos de levar com uma paulada na cara para ver e eu levei com uma bem grande. E por isso mudei, esforço-me para melhorar a minha vida e irei conseguir. Um dia…

Podem fazer o download das listas personalizadas, neste link

Related Posts with Thumbnails