Nesta época é um aglomerar de papel de embrulho. Um desperdício!

Eu sei que os miúdos gostam de rasgar o papel, tal é a excitação, o que se torna impossível aproveitar, mas os graúdos podem sempre pensar antes, e abrir os presentes com cuidado para aproveitar o papel de embrulho.

Quanto às laços e fitas eu guardo tudo, nunca tenho que comprar, porque guardo os do ano anterior, também fico com os sacos, o que se tornou numa maneira mais fácil de embrulhar. É raro ficar na fila para me embrulharem os meus presentes nas lojas, é que não tenho paciência para a lentidão que se vê por aí. Por isso faço eu em casa à minha maneira.

Uma das sugestões que tenho para este Natal é embrulhar com papel pardo. É muito mais barato e mais elegante do que os papéis de mil e uma cores.

Para além disso, tem a vantagem de servir para qualquer ocasião, ao contrário de muitos papéis estampados que só se podem utilizar em ocasiões específicas.

E embora seja de uma única cor, pode sempre utilizar a imaginação e decorar com fitas e laços coloridos e fica muito bonito. Vejam a foto em cima.

Eu não faço árvore de Natal, já me enviaram imensos e-mails para colocar uma foto da minha, mas simplesmente não faço. Não gosto do Natal!

Desde que a minha mãe morreu que perdeu todo o brilho e também com um cão maluco como o meu Simão, não sei se era boa ideia. Ele é assim a dar para o bruto. Acho que não durava muito tempo.

Related Posts with Thumbnails