E cheguei às 31 semanas no natal, este ano com uma viagem de avião pelo meio para poder estar com a família que está mais longe, sabem tão bem os mimos extra!

O natal foi calmo com algumas prendinhas para o novo membro que aí vem e começo a perceber que o final da gravidez não está assim tão longe como andava a pensar.

Estou sempre a pensar que ainda falta imenso tempo, ainda não preparei absolutamente nada e nem roupas básicas tenho. Não sei se é por ser o segundo, mas ando muito descontraída com esta gravidez. Já sei que o que for fazendo falta vai-se arranjando e que apesar da nossa vida “parar” um bocadinho, o resto do mundo continua e há supermercados abertos!!

Em relação às dificuldades desta etapa, realmente o terceiro trimestre é o mais chato, comecei a não dormir, o pouco que durmo é sentada e acordo cheia de dores nas ancas, não tenho posição para estar confortável e honestamente ando rabugenta como tudo!

Não sei como é que as pessoas me aturam quando nem eu me aturo muito bem.

Mas pronto, sabemos que há fases mais chatas e sei por experiência que esta é a mais fácil, quando o bebé nasce é que começa mesmo a “doer”.

Entretanto fiquei muito contente por perceber que foi feito um estudo que prova que o cérebro de uma mulher altera mesmo durante a gravidez, perdemos “cenas” que só recuperamos cerca de dois anos depois do parto!!!!

Está tudo explicado!!!!!

Related Posts with Thumbnails