transferir-1

Em primeiro lugar, nesta oportunidade que nos foi dada pela Mónica para escrever sobre esta temática que nos é tão querida (bebés), queríamos dizer-vos que vamos tentar abordar um pouco de todas as temáticas sobre este mundo dos bebés, desde temas relacionados com a gravidez, a infertilidade, com o pré e pós-parto e com a vida do bebé na família. No entanto, e como escrevemos em base quinzenal, pedimos que aguardem com expectativa pelos próximos posts!

No post de hoje vamos falar sobre alguns GRANDES artigos a comprar ou não (no nosso entender). Serão apenas mencionados alguns dos artigos, para conseguirmos descrever com mais pormenor (irá haver continuação).

taquitos

Aqui vai a lista:

Cama de Grades – Sim, algo a comprar, mas evita de ser antes do parto. Geralmente o bebé irá para a dita no mínimo aos 4 meses (assim dispersa o investimento no tempo). Antes disso, segundo a nossa experiência, irá ser mais usada a alcofa, cama de viagem ou outros locais para dormir, nos primeiros tempos.

Cama de Viagem – Talvez, poderá ser usada para vários propósitos (algumas servem de parque de brincadeira, mudador, etc.), de fácil transporte e óptimo para levar para viagens. E mais: não é muito cara!

Berço – Não! Sinceramente, quando se coloca lado a lado com a alcofa e a cama de viagem, o berço é um investimento bastante dispendioso para o tempo de uso. Só mesmo no caso de conseguirem um emprestado (que foi o nosso caso), valerá a pena usá-lo.

Alcofa – Sim, geralmente vem englobada no dito e famoso “Trio”. Actualmente, em Portugal fica mais barato comprar o “Trio”, do que o “Duo” (incrivelmente!). Devemos ter em consideração neste item se possui alguma elevação no colchão na zona da cabeça ou se o permite fazer (previne o síndroma de morte súbita). Esta é a verdadeira cama portátil para os primeiros meses, coloca-se na estrutura do carrinho e pode-se apanhar um ar fresquinho, ou mesmo para andar pela casa para embalar o bebé nas noites mais difíceis.

“Ovo” – Sim, para além de ser obrigatório para sair da maternidade, será este o elemento que oferece maior segurança ao bebé no momento da sua locomoção. Mas atenção, não é para abusar, 1h30min Máx/dia. Usar a alcofa para dormir ou para longos passeios. O “ovo”, devido à sua forma própria para proteger a coluna em caso de embate, não é aconselhado para uso prolongado pelo bebé.

Carrinho – CLARO, o nosso melhor amigo! Onde se coloca o “Ovo”, a Alcofa, a mala do bebé, a mala da mãe, as compras, etc…Ps: atenção ao peso e à distribuição do mesmo pelo carrinho, a fim de não tombar.

Cadeira Auto – Tal como a cama de grades, aqui está um elemento que se pode comprar mais tarde (mas sim, terá de comprar), visto o “Ovo” fazer a sua função nos primeiros tempos. Usar durante o máximo de tempo o “Ovo” para o transporte do bebé, desde que não seja incómodo para este, ou que não fique muito apertado lá. (Iremos mais tarde escrever um artigo dedicado em exclusivo à escolha da cadeira auto, e ao uso do “Ovo” no transporte).

Espreguiçadeira – Sim! Para nós, foi a melhor coisa que comprámos. É de fácil transporte pela casa, permite-nos fazer as refeições ou outras tarefas enquanto o bebé está acordado, enquanto temos a total visualização sobre o bebé, permitindo-nos interagir com ele ao mesmo tempo. E em geral, os bebés costumam gostar de lá estar. Nota: não gastem o dobro a comprar uma espreguiçadeira que vibre, uma básica dá para o efeito pretendido, e fica bem mais barata! 🙂

Qual é a vossa opinião sobre esta lista? Falta algum item nesta categoria “Dormir e Viajar” que considerem importante?

Até à próxima!

Related Posts with Thumbnails