Search here...
TOP
Arrumaçao Dicas Limpeza Tarefas

Tarefas em 10 minutos #7

Limpar o caixote do lixo a fundo é uma das tarefas que faço várias vezes por semana.

Detesto ter lixo em casa. Levo sempre de manhã quando vou trabalhar e se à noite tiver muito, vou despejar para não ficar com cheiro.

Limpo o caixote com toalhitas (por causa do cheirinho a limão) ou com um pano próprio que tenho para esse efeito e fica sempre impecável.

E fica pronto para outra.

A ideia de colocar 2 sacos também é muito boa, já que quando se tira um, fica logo lá outro. Poupa-se tempo.

Related Posts with Thumbnails

«

»

5 COMMENTS

  • Carla

    Uso a ideia dos dois sacos desde que aqui a li e resulta. Só muito raramente tenho necessidade de o limpar. Aproveito todo o tipo de sacos, grandes ou pequenos, para o lixo pois sei que não vou sujar o balde. Pouco tempo e recursos e dinheiro.

  • Carla Martins

    Confesso que detesto limpar os caixotes do lixo! Tenho dois, um para os resíduos indiferenciados e outro para os recicláveis, e custa-me horrores tratar deles. Já tentei usar o truque dos dois sacos do lixo, que a Mónica já tinha partilhado anteriormente, mas depois o caixote não fecha bem. Acho que vou ter de ser mais persistente no futuro…

  • Cláudia

    Por acaso não gosto nada de os limpar, mas claro que limpo.
    Também ponho normalmente dois sacos.

    Beijocas

  • Sofia Marques

    Detesto limpar o caixote do lixo… Estou sempre a adiar o inevitável… Mas a ideia dos 2 sacos do lixo é fantástica 🙂

  • Sofia Ribeiro

    Eu odeio despejar o lixo … detesto mesmo. O meu truque para além de forrar o caixote com dois sacos é utilizar sempre um saco por dia.
    Confuso?!?!?
    Quando chego a casa para fazer o jantar, pego num saco (importante não ter buracos, claro) e nesse saco coloco todo o lixo. Depois de arrumar a cozinha, fecho o saco e coloco no caixote do lixo … desta forma consigo evitar cheiros.
    É um desperdício grande de sacos … se calhar, mas como guardo todos os sacos e saquinhos, tenho sempre um saco à mão, nem que seja daqueles mais simples da fruta.

Responder a Carla Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *