Eu ao longo destes anos de site, já recebi imensas mensagens e e-mails de pessoas a pedir ajuda.

Confesso que me sensibilizei com imensas, porque é inevitável não pensar no esforço que certas famílias estão a fazer.

Há de tudo.

Marido desempregado, mulher desempregada, muitos filhos em idades escolares, muita redução de salário, muita conta por pagar, muita divida contraída, enfim….o que poderem imaginar.

Como a minha vida mudou muito e eu passo por alguns dos problemas das minhas leitoras, compreendo ainda mais. Só passando por elas é que sabemos, já a minha mãe dizia.

Eu neste momento adoptei o estilo “Faça você mesma”.

Unhas, cabelo, pédicure, depilação, alguns arranjos de costura, passar a ferro, são tudo coisas que já fiz fora e agora não tenho a mínima hipótese de pagar.

Acho mesmo que quando a minha vida estabilizar, dificilmente irei mudar o estilo de vida que adoptei.

Dou tanto valor agora que nem imaginam. Dou tanto valor ao dinheiro que gastei em coisas que podia ter feito em casa que nem imaginam.

E você também pode fazer, mudar.

Pense nisso, pense no que pode evitar gastar.

Penso no que pode fazer em casa, com esforço tudo se consegue.

E nós (sim, porque estou na mesma situação que pessoas) iremos conseguir.

Pense que é uma fase. Má, mas o fim é a morte. E ainda estamos vivos.

Related Posts with Thumbnails