Search here...
TOP
Coisas Minhas Dieta

Update da Dieta #76 – A mudança depois do susto!

Quase todos os meus posts, têm “a mudança depois do susto”, e podem não acreditar mas a minha perspectiva de vida mudou mesmo, depois do susto (principio de enfarte do miocárdio).

Resolvi que tinha de mudar e embora seja a conta gotas, sinto que o estou a conseguir.

Eu peso-me no primeiro dia de cada mês e o meu peso no dia 01 de Julho era 77,9 kg.

Mais um dia mau para mim, mais um dia de choro, mais um dia de “não consigo”, “vou ficar gorda para sempre”, mais uma bolinha vermelha no meu mood tracker, enfim, o habitual.

Mas depois do que aconteceu, moderei a minha alimentação, comecei o ginásio e os resultados aparecem. Minhas amigas, é tudo uma questão de força de vontade. Eu que tenho tanta determinação para outras coisas, o meu peso sempre foi um problema.

Fiz este mapa para ir vendo a evolução. Vocês sabem que eu sou muito visual 🙂

Como no dia 01 pesei-me na farmácia, nas outras semanas fiz questão de o fazer na mesma balança.

Dia 01 – 77,9 kg

Dia 30 – 75,5 kg

O resultado foi: – 2,4 kg

Fiquei um pouco desiludida por serem “apenas 2,4 kg” mas depois penso que houve meses que engordei em vez de emagrecer e que 2,4 kg é uma vitória para mim. É pouco mas é o principio.

Agora é continuar, vou tentar melhorar ainda mais a minha alimentação, vou continuar com o exercicio e manter o foco.

Wish me luck!

Related Posts with Thumbnails

«

»

3 COMMENTS

  • Liliana Ferreira

    E vais conseguir o teu objetivo! O importante é manter o foco!

  • Cláudia

    É a perder pouco de cada vez que chegas lá. Pois é aquela perda saudável.
    Não queiras perder 10km num mês, que voltas a ganhá-los.

    Boa continuação.

    Beijocas

  • Ana Paula

    olá querida Mónica, também eu levei um susto em setembro passado, quando me diagnosticaram com diabetes. Meço 1,50m e pesava 72 kilos, sou baixinha e tinha muito peso a mais também eu queria emagrecer há anos mas andava sempre a adiar, fazia umas coisas mas perder peso estava difícil. Apanhei um susto e tal como tu tive de mudar a minha alimentação e o modo de vida sedentária. Pedi ajuda a uma nutricionista que me elaborou um plano alimentar e segui-o à risca. Já tinha recorrido a ela há anos mas a força de vontade não era grande só que agora tive mesmo de mudar.
    Comecei com caminhadas no passeio marítimo de Oeiras, ia do Cacem para lá ao fim de semana. Sentia vergonha de ser gordinha mas lá fui andando e reparei que não estava sozinha. aos pouco fui caminhando e fui fazendo pequenas corridas, caminhava, corria, ficava com os bofes de fora mas lá ia aos poucos, estabelecia, 100 metros caminho 100 metros corro, ás vezes não conseguia mas paciência, Lá fui atingindo os meus pequenos objetivos, durante a semana fazia o mesmo mas no jardim junto ao rio no Cacém, comecei também a fazer medicação oral, e posso garantir-te que o esforço compensa e olha que não sou nenhuma pessoa otimista. Mas o medo é maior e eu quero poder controlar a diabetes.
    Hoje dia 1 de Agosto tenho menos 20 quilos, passei a comer menos mas melhor e o exercício físico melhorou muito a diabetes, deixei de tomar a medicação para os triglicérido e para a tenção alta, a alimentação e o emagrecimento ajudaram-me a deixar de precisar desta medicação que já tomava há anos, tenho 59 anos estou na menopausa o que à partida não ajuda muito no emagrecimento.
    Portanto minha querida Mónica se eu consegui emagrecer tu também vais conseguir. Não digo que seja fácil, mas vais conseguir sim. Desistir não é solução e não me parece que sejas mulher para desistir. portanto vamos lá. Consegues ir ao ginásio, bem bom, quando não conseguires, vai correr para a rua e senão conseguires correr caminha, é o que eu faço uma hora todos os dias, caminho com intensidade e corro, faço o meu tempo e lá vou eu. Hoje os meus níveis de glicémia já são de quem não tem diabetes, mas preciso de estar alerta sempre pois isto é para o resto da minha vida. Boa sorte, e acalma-te que tu não estás sozinha nessa batalha. Beijinho muito grande.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *