(Antiga)

Perguntam-me muito se eu estou a gostar da casa nova.

Bem, tenho prós e contras.

Mas, vamos por partes.

A antiga, embora fosse de uma construção anterior, estava toda remodelada. Estava mais perto da estação (agora ando todos os dias 15 minutos para cada lado), a cozinha era kitchnette mas eu adorava os armários, o inox, a ardósia, era acolhedora. Uma autêntica casa de bonecas. Mas tinha outros problemas menos interessantes. Um dia escrevo sobre isso 🙂

(Antiga)

(Antiga)

A nova é o dobro do tamanho, tem cozinha independente, está muito estimada, está numa zona familiar, onde vivi alguns anos.

Mas, ainda não tenho a casa como quero.

O dinheiro não abona, queria decorar ao meu gosto, queria pintar os azulejos do corredor (que detesto) queria pintar os móveis da cozinha (são muito escuros) e outras coisas mais, mas tem de ser aos poucos. Tenho de aproveitar as sobras de tinta quando o meu pai pintar a casa dele, por exemplo.

(Nova)

(Nova)

(Nova)

(Nova)

(Nova)

Lembram-se da mudança do quarto? Ver este post

Troquei a manta. Voltei a por a manta que tinha na versão rosa. A cinzenta é polar e dá-me imenso jeito na sala 🙂

Mas voltando à casa nova.

Sinto-me bem lá, foi a melhor opção para mim, mas como ainda não está tudo despachado, parece que ainda não estou bem instalada. Não está a ser o que eu imaginava. Não está mau, mas não está como eu quero. Estou esquisita 🙂

Alguém já se sentiu assim? Depois de uma mudança?

Related Posts with Thumbnails