Search here...
TOP
Arrumaçao Cozinhar Organização

Viver Sozinho #1 – Comida!

Quem começa a viver sozinho (depois de passar uma vida em casa dos pais onde na maioria dos casos, tem a mãe que arruma o quarto, faz a comida e trata da roupa) depara-se com problemas de organização de tempo.

No início é complicado ter a responsabilidade de pagar contas e fazer com que a casa esteja habitável. Mas desta vez vou escrever sobre a comida 🙂

Um dos conselhos para quem está a começar esta nova rotina é planear as refeições e se possível fazer algumas no fim de semana e congelar. Sei (porque já vivi sozinha durante um ano) que chegar a casa depois de um dia de trabalho, o que menos apetece  é passar tempo na cozinha, e muitas vezes por isso, as pessoas que começam a viver sozinhas, comem muitas vezes mal (comida pré-cozinhada) e encomendam inúmeras vezes pizza.

Não só isso é dispendioso como não é nada saudável.

Por isso as primeira dicas desta série de posts é:

– Fazer uma lista do que gostam de comer e fazer menus para uma semana

– Planear a ida às compras (e com isso ver os panfletos e poupar o máximo)

– Fazer as refeições ao fim de semana e congelar

E no fim lavar a loiça e arrumar a cozinha (não esquecer desta parte muito importante) 🙂

Segue-se: Roupa

 

Related Posts with Thumbnails

«

»

14 COMMENTS

  • Sara Luís

    Olá! Nunca tinha comentado o seu blog, mas acompanho e acho muito interessante tudo o que aqui coloca.
    Comecei a viver a pouco tempo com o meu namorado e tenho alguns problemas na falta de tempo. Ainda assim, tenho tentado adoptar alguns métodos que me são eficazes, como planear as refeições e já deixar preparado/temperado no dia anterior, principalmente se for de ir ao forno, a lista das compras, limpar uma divisão todos os dias.. entre outos. Mas ainda assim deparo-me com alguns problemas, nomeadamente com a roupa. O meu guarda roupa não tem prateleiras (infelizmente não tenho cómoda) e fico irritada porque a roupa está toda direita mas de um momento para o outro cai-me tudo, pois está dobrada mas não tem algo para manter direito.
    Também sou adepta de cestos e pensei em comprar alguns e colocar dentro do guarda roupa, com a roupa dobrada :s..
    Não sei o que acha… ou se tem uma solução melhor, não muito dispendiosa.

    Agradecia.

    Obrigada,

    Sara Luís

    • Cláudia Norte

      Eu a 2 anos quando mudei de casa não pude trazer o meu mega guarda fato onde cabia tudo e mais alguma coisa, tive de comprar um pequenino de 2 portas (+- 70cm), 1 coisa que trouxe do outro que dá imenso jeito foi 1 "estante" de tecido, assim tenho tudo arrumado, e ao mesmo tempo sobra espaço para coisas que necessitam ser penduradas http://www.ikea.com/pt/pt/catalog/products/602195… , o meu é igual mas em preto, existem mais baratos mas não valem nada..este já tem 4 anos e é bastante resistente ao ponto de me surpreender e tem a vantagem de que se quiser pode comprar gavetas a parte. espero ter ajudado, eu tive de me adaptar a um T0, logo, todos os cantinhos são bem aproveitados

      • Sara Luís

        Obrigada pela sua resposta. Eu adoptei esse método no guarda roupa do quarto extra, mas para este do meu quarto ainda não consegui nenhum que fosse realmente o que necessitava.
        Fico aborrecida por perder imenso tempo a passar a roupa toda e depois querer uma blusa e ela estar toda amarrotada.
        Ontem comprei os cestos e depois de chegar do trabalho tive a passar tudo de novo. Penso que resultou muito bem e até é prático, pois é só tirar o cestinho e escolher a roupa. Penso que até não foi uma alternativa muito má.

        Obrigada 🙂

        Sara

  • Anabela

    Eu que o diga. O meu marido enquanto viveu sozinho estragou a saúde dele. Só comia porcarias e comida pré-preparada. Agora toma comprimidos para o colesterol…

    Bjs,
    Anabela

  • Vanessa Mariana

    Excelente tópico de dicas, Mónica!
    Como sou jovem, ainda não vivo sozinha e tenho receio de quando tiver de sair de casa venha a ser muito desorganizada. Mas com a ajuda das suas dicas vai ser mais fácil!
    Um grande beijo e muito obrigada por todas as informações para já e futuras donas de casa!

  • Teresa C.

    Olá Mónica,
    Eu tenho SEMPRE sopa, para acompanhar as refeições.
    De resto faço doses normais só que congelo, em doses pequenas, de véspera tiro do congelador e acompanho com arroz ou massa feitos na altura ou na véspera (aqui é que as doses são mais pequenas para não sobrar muito) e faço uma salada.
    E está feito o meu jantar do dia e almoço do dia seguinte…
    Bom fds.
    Bjs,
    Teresa C.

  • patricia r.

    Boa ideia Mónica! Que pena não seres mãe ainda porque bem me dava jeito umas dicas… Eu para além de ter de preparar as minhas coisas do dia seguinte. pequeno almoço, almoço etc… ainda tenho a mala da creche da filha, a roupa para ela vestir etc 🙂 Enfim entre tantos afazeres pouco tempo resta do dia… mas como vivo sozinha com ela quando cozinho faço sempre a mais e congelo refeições, assim á noite basta aquecer uma qualquer e sempre sobra um pouco mais de tempo para brincar com ela 🙂

  • Monica gostei do seu post.
    Eu vivo sozinha faz agora 2 anos. Na altura lembro me que o que mais estranhei foi saber que estava numa casa onde só eu é que dormia. O facto de comida e roupa, limpezas isso nao me preocupava.Eu gosto, gosto de tudo o que tem a ver com o lar.
    Normalmente com a comida nao tenho muito que me preocupar só quando o meu namorado passa ca os fins de semana ou entao um ou outro dia por semana. Costumo as vezes ir ainda à casa da mae, conversar, fazer as caminhadas e janto por la. E depois tambem quando trabalho, uma das refeiçoes é feita la. Não tenho muito que me preocupar. o que congelo mais vezes ésopa.

  • Monica B

    deparei-me há pouco c esse problema. o meu marido foi trabalhar p fora e passo semanas sozinha. não é a falta de tempo que me aflige,mas sobretudo a solidão e o desanimo. e claro que se reflete em coisas como o cozinhar. fazer comida só p mim é um martirio,sobretudo porque a vou comer sozinha. isso sim custa. acabo por passar pelo take away,encomendar ou nem comer. e assim sei que agravo a minha obesidade,mas na hora a tristeza pela solidão vence. estou a lutar contra isto. p mim custa me muito viver sozinha. muito mesmo.bjs

  • Beleza Low Cost

    Muito boas dicas, sem dúvida!
    Quando comecei a viver sozinha passei os primeiros tempos a comer fast-food, por preguiça; até que me cansei e comecei a cozinhar ao fim de semana e congelar. Poupo tempo, dinheiro e saúde 🙂

    Beijo

  • Tânia

    Eu já tenho o hábito de cozinhar a mais e guardo no frigorífico para o dia seguinte, mas nunca experimentei congelar.
    Mas tenho algumas dúvidas sobre o que se pode ou não congelar e como, alguém pode dar algumas dicas? é que eu tenho algum receio de congelar comida e de ela não ficar boa depois… Já pensei foi é congelar uma dose mínima apenas com o intuito de depois provar para ver se fica bom… É uma área na qual ainda não me aventurei, talvez arrisque durante o verão

  • Mariana

    Essa parte de lavar a louça é mesmo muito importante..contra mim falo que já várias vezes deixei acumular…bjs*

  • APC

    Assim como a blogger "organizaçãodacasa", também não notei grande coisa na mudança senão isso mesmo: o passar a estar sozinha. É que dantes chegava a casa e estava alguém, ou iria estar. E quando passas a viver sozinha há um silêncio (e eu por acaso adoro silêncio, e adoro estar sozinha) a que não estás habituada. E que te faz sentir… Sozinha! 🙂 Já as refeições, as arrumações e as outras responsabilidades são algo natural. É como ser mãe: mesmo que não tenhas aprendido antes, o instinto ensina-te isso depois. Sou desenrascada para todo o tipo de tarefa e responsabilidade, mas que são tradicionalmente mais femininas, às que não. Troco lâmpadas, prego e serro coisas, limpo máquinas. Por isso não vejo gracinha absolutamente nenhuma a homens que não são despachados, espertos e activos ao ponto de fazerem as compras, a comida e as limpezas. Detesto frescurinha. E se antigamente as mocinhas eram ensinadas a ser donas de casa (e sê-lo era já como que uma profissão), hoje em dia toda a gente é dono do seu nariz e da sua casa e da sua vida pessoal e social, profissional e académica, tudo ao mesmo tempo, e a competência está no conseguires conjugar tudo isso tentando ser feliz. Não é fácil, mas também não tem regras fixas. Desde que não seja um a trabalhar e o outro a assistir, tudo ok!

  • paula

    Mónica,
    que tipo de comidas é que se pode congelar.Pode se congelar todo o tipo de sopas?Uma colega minha diz que congela salada de fruta ,acha bem !?

Responder a paula Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *