Search here...
TOP
Coisas Minhas

Desabafo!

Este é um post um pouco pessoal.

Estas últimas semanas foram muito complicadas. Desesperantes. Adormecia a chorar, com medo que o meu Simão já não estivesse vivo no dia a seguir.

Pensei mesmo que ia ficar sem ele e isso assustou-me muito. Tenho lutado com todas as minhas forças para tentar com que ele fique bem e não vou desistir dele.

Fiquei muito, mas muito triste, para não dizer revoltada e enojada, porque houve pessoas que disseram para desistir, para recorrer à opção mais fácil. Uma injecção e já está.

Para mim o Simão é como se fosse um filho. E não se desiste de um filho. Luto, passo fome, ando a contar tostões mas não desisto do meu Simão.

Nos últimos tempos tenho alterado o meu estilo de vida. Interessei-me pelo Minimalismo, agora incluí também o Zero Waste e sinto-me “sozinha” no que toca a estes assuntos.

Cheguei à conclusão que não tenho os mesmos interesses que muitas pessoas que me rodeiam.

Posso falar com elas sobre muitos assuntos, mas não sobre os assuntos que me interessam e que me fazem feliz neste momento da minha vida.

E sabem que mais? Eu não me importo. Não quero saber. Sou mais feliz a ver videos e documentários sobre minimalismo, sobre poupanças e sobre o zero waste. A ler os meus livros sobre organização e a ver novelas dos anos 90 🙂

Recebo mensagens e comentários sobre este meu estilo de vida, sobre andar a fazer o que me faz feliz e condenam. Esquecem-se que isso é um assunto meu.

As pessoas não são felizes nas suas vidinhas e nem deixam os outros serem.

Estou numa fase muito minha. Em que não quero incluir na minha vida e no meu espaço, coisas e pessoas que não me fazem bem, que não acrescentam algo positivo. Felizmente no trabalho tenho um grupinho bom em que falamos de tudo e é muito bom, porque trabalhamos em departamentos diferentes e há sempre assunto, mas quando saio do escritório, parece que entro numa bolha e estou a gostar das opções que tomei e isso é que é o mais importante.

Mais importante do que qualquer opinião. É como diz uma colega minha chamada Inês, é sorrir e acenar 🙂

Este site vai continuar a dar-vos dicas sobre os temas normais, mas vai também mostrar-vos a Monica, porque este site é a Monica.

Tenho assuntos só meus, como podem imaginar mas não vou camuflar nada nem mostrar uma vida que não tenho. Erros do passado fizeram com que detestasse o viver de aparências. Vidas de Facebook não é para mim.

Obrigada de coração por estarem aí. Nestes ultimos dias, foram muitas as demonstrações de carinho. Nunca pensei que gostassem tanto do Simão. Ele manda uma lambidela no vosso nariz 🙂

Related Posts with Thumbnails

«

»

22 COMMENTS

  • Carla

    Beijinhos Mónica… Força, cá estaremos.

  • Anjo-de-Mel

    Como te entendo, Mónica… Tanto no que diz respeito ao Simão como do resto… Também eu me sentia um pouco 'alienada', pois parecia q mts das minhas amigas/colegas não tinham os mesmos interesses/ideais… Mas entretanto, conheci pessoas fantásticas com quem me identifico imenso: e está a ser muito bom! Em relação ao Simão: não desistas nunca, pois o amor e dedicação é mesmo assim! E se eles não desistem de nós, quem somos nós para lhes virar as costas?! Fez ontem precisamente um ano que faleceu o meu patudo de 15 anos… Uns meses antes foi diagnosticado com um tumor e outros problemas q desconhecíamos e ninguém achava q ele sobrevivesse à cirurgia, mas não podíamos simplesmente desistir! E fomos em frente, com o coração nas mãos e não é q ele sobreviveu contra todas as expectativas?! Nem imaginas a nossa alegria qd nos disseram q tinha corrido td bem e q ele já estava cheio de energia e com vontade de andar pelo hospital <3 Conseguimos-lhe mais 6 meses de vida e não me arrependo do $$ q gastei nem do tempo q lhe dediquei a dar mais atenção e cuidados e medicação p q ele recuperasse… Mas as células cancerigenas não foram completamente erradicadas e pronto, tivémos q nos despedir dele, pois deixou de comer e de nos conhecer… Foi um dos piores dias da minha vida, mas fizémos tudo o q podíamos! E tu, MUITA MUITA FORÇA e não percas a esperança! Se alguém merece o nosso amor e dedicação são os nossos companheiros de 4 patas! Caga p o q os outros pessimistas dizem! São essas pessoas a dar o 1º pontapé no rabo a quem lhes dá trabalho ou preocupação! Bjinhos grandes e festinhas oa Simão! As melhoras dele!!!

  • Sofia

    Olá,

    Também tenho um animal e filhos… cada um tem o seu lugar, não é sequer comparável, mas claro que faria tudo o que era preciso pelo meu Matias (o gato).

    Curiosamente também me tenho interessado mais pelo ambiente e à minha volta alguns acham que sou tonta… Mas nada me importa, a curto prazo (infelizmente) todos acabam por ver que estamos certas 🙂

  • Dina Pimentel

    Bom dia Mónica
    Apesar de nunca ter deixado aqui algum comentário, acompanho com alguma frequência as suas dicas, sobre muitas coisas, muito úteis e sim claro tenho acompanhado o seu Simão que é lindo e tem um olhar doce.
    Nunca desista dele. Vai ficar eternamente agradecido. O Simão e outros tantos como o Simão, eles sim são nossos verdadeiros amigos.
    Um beijinho e força.

  • Olívia Batista

    Muita força nas dificuldades e muito "deixa falar" nessas coisas que sempre te vão dizer…

  • cristina

    Beijinho, Mónica. Força para lutar pelo Simão. sei bem o quanto amamos os nossos companheiros de 4 patas. Sou uma leitora silenciosa que te acompanha há muito tempo. Nunca comentei, mas agora vai daqui um grande abraço de apoio. Segue o caminho que te faz mais feliz.

  • maria

    Entendo, deixo as melhoras para o Simão e não te deixes 'abafar' de maneira nenhuma ! Muita força, bjs

  • Diana

    Nunca desista dele. Se alguém tem um amor incondicional por si é ele. Faça de tudo por ele que ele merece. A semana passada perdi a minha Amora para a tal injeção. Foi um ano de muita luta e muito dinheiro gasto. Mais de 2000mil euros só em cirurgias.fora a medição ração areia… Se fazia tudo de novo. Sim sem olhar para trás. Só lhe dei um fim digno quando se tornou inoperável e incurável e iria levar à dor. Perdi a gata do meu coração mas vive 12 anos de felicidade e cumplicidade com ela que nunca tive com ninguém. Tudo a correr pelo melhor. Um beijinho de força.

  • Ana Fernandes

    Um beijinho Mónica e muita força! E uma festinha especial para o Simão <3

  • Susana M.

    Olá Mónica! Sempre vão haver pessoas que nos vão criticar por tudo e por nada, e cabe a nós dar ou não importância ao que dizem. O que importa é sermos felizes com as nossas escolhas.
    Em relação ao Simão, as melhoras. Eu sei a dor que é ter de fazer escolha entre prolongar a vida ou o sofrimento, no meu caso foi uma escolha difícil….e é uma decisão muito pessoal, apenas tu saberás o que é melhor para o teu patudo!
    Beijos

  • Vanda

    Força Mónica! Os animais são família!
    Sobre o zero waste, eu e a minha irmã temos um blog com muitas dicas e informações, se quiser dar uma olhada.. e não, não está sozinha.. andamos é espalhados! beijinhos http://www.ecosisters.pt

  • fatima coutinho

    boa tarde mónica. acredita que não és a única a passar por isso. eu também sinto que são raras as pessoas que compreendem o amor incondicional que sinto pelos animais. Olham para mim como se a anormal fosse eu. Arrependo me de muitas coisas na minha vida, mas de os amar ,nunca, tive o meu nini durante dezoitos anos e fiz tudo para lhe dar conforto e saúde e isso não foi barato mas voltaria a fazer o mesmo sem olhar para traz. Perdi o meu nini para a diabetes mas tive o amor incondicional dele ate ao fim. e com muito orgulho que vejo os meus filhos a seguir as minhas pisadas nunca desista do simão que ele também nunca desistiria se si. quanto ao resto ,lembre se do velho ditado ,vozes se burros não chegam ao céu. um beijinho muito grande para os dois.

  • Maria Elisa Teles

    Olá Mónica

    Tenho muita pena que esteja a passar uma fase tão difícil. Infelizmente sei bem o que é perder um animal que amamos. É mesmo amor, puro e duro e o fim é mais que doloroso. Dói a mais não poder! Mas vamos confiar que o Simão vai superar para alegria da dona e de todas nós.
    Muitos beijinhos. Lisa

  • Cláudia

    Compreendo a parte de te sentires sozinha… Sinto o mesmo.
    Parece que às vezes sou mesmo uma E.T.

    Mas muita força Mónica e só quem gosta de animais é que sabe!

    Beijocas

  • Fátima

    Compreendo Mónica, a parte de se afastar de quem não tem os mesmos interesses. Também ja fiz o mesmo e ainda faço, mas tenho mais alguns anos e recomendo que não afaste muito as outras pessoas. Por experiência ha momentos em que nos sentimos sozinhos, porque nós mesmos afastamos todos. Tudo com moderação é o que recomenda. Há tempo e alturas para tudo.
    bj

  • Isabel

    Força monica, tenho 3 canitos e não sei o que é viver sem eles. So Quem tem animais é que sabe o amor que sentimos por eles. Beijinhos

  • Manuela Cardoso

    Mónica ando aqui no site há muitos anos, ainda estava na sua antiga casa. Sempre calada. Identifico-me com muita coisa que publica, essencialmente no que respeita a limpeza e organização. Zero waste já tento fazer há muito, muito tempo. Minimalismo, infelizmente para mim é super difícil. Porque tudo o que me rodeia tem história, tem recordações e não me consigo desfazer de muita coisa. Mas estou a melhorar. Anda também numa guerra ao plástico, essencialmente de utilização única. Enfim, identifico-me com muita, muita coisa. Outras não porque a minha realidade é muito diferente da sua. Mas este desabafo tocou-me muito, muito. Sei o que está a sentir em relação ao Simão. Sendo mãe, não consigo comparar o amor que tive pelo meu cão com o que tenho pela minha filha. Entendo perfeitamente que a Mónica, não tendo filhos o sinta. Também eu passei muitas noites a chorar a olhar para o meu cão e a fazer-lhe festas. Ainda hoje, e já lá vão 6 anos choro quando penso nele. Só tenho a dizer força Mónica, continue a viver só e exclusivamente para tudo o que ama. Isso é que dá alento à nossa vida. As melhoras do Simão. beijinhos.

  • Teresa C.

    Olá Mónica,
    Não ligues aos comentários que te desanimam… Agarra-te aos que te dão energia e força para continuar!
    Só tu conheces o Simão como ninguém, só tu podes saber como ele sente…
    Faz o que te disser o coração!…
    Tudo de bom!…
    Bjs e, festinhas…
    Teresa C.

  • Margarida

    Heheheh.. por isso mesmo que relatas é que há uns 3 anos atrás as 10 da manhã.. cortei com tudo e com todos.. e fui ser feliz.

    Hoje sou imensamente feliz.

    🙌😉😝

  • Ana

    Olá Mónica.
    Compreendo bem o que está a passar com o Simão, passei recentemente por algo semelhante com o meu Bernardo. Na realidade durante meses tentei tudo o que era possível para melhorar o estado de saúde dele e a qualidade de vida. Acredite que a injeção não é, de todo, a opção mais simples. Mas chega uma altura, depois de esgotados todos os tratamentos, em que temos de pensar no melhor para eles e não no melhor para nós, estar cá em sofrimento não. Foi na realidade das decisões mais difíceis que tive de tomar, por ele, a pensar no melhor para ele.. Que estava em sofrimento e que seria uma questão de dias, semanas.
    Desejo que corra tudo bem com o Simão e que melhore depressa! Beijinhos

  • Ana

    Viva Monica,
    Tudo a correr do melhor, sinceramente.
    Quanto ao resto , adopte a atitude cavalo: "cagar e andar", "cagar e andar"…
    Força

  • Mónica Guerra

    Olá Mónica
    Sei perfeitamente o que estás a passar. Pelas descrições que fazes o Simão têm exactamente o mesmo problema que teve o meu Pantufa embora o meu fosse mais velho. Foi muito difícil para todos nós tratar de um cão idoso, com Alzheimer, um tumor e problemas renais mas nunca desistimos dele, nem quando passávamos noites em claro, nem quando ele sujava tudo, nem quando ele se virava contra nós por já não saber quem éramos ou onde estava. Em fevereiro tivemos de assumir que era impossível continuar: os órgãos estavam a falhar e a partir dai começaria o sofrimento. Era impensável deixá lo em sofrimento nos seus últimos dias á espera da morte. Dom Pantufa tinha vivido como um lord e ia morrer em paz. Foi uma manhã difícil mas ele adormeceu como sempre viveu, rodeado de amor e pela família. E tenho a certeza que foi a melhor opção que tomei em nome do seu bem estar. Beijinhos e muita força.

Responder a fatima coutinho Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *