Pensei muito antes de escrever este post.

Primeiro porque pensei que o desprezo era a melhor arma, mas depois pensei naquelas pessoas que com certeza vão cair em erro ao dar atenção a pessoas intriguistas, invejosas e com a mania da moral e dos bons costumes.

Este post vai ter os comentários moderadíssimos…não vai haver aqui peixeirada como a que tenho visto nos outros sítios. Eu costumo lavar roupa suja (não que o faça mas é só um exemplo) na minha casa, mas parece que há pessoas que com um pouco de reconhecimento que possam ter adquirido ultimamente, pensam que difamar os outros é que é ético.

Pergunto se alguma de vocês leu algum comentário que EU tivesse feito em blog alheio a difamar alguém?

Pois não, sabem porquê? Porque tenho carácter. Sim leste bem!

Voltando ao assunto que me levou a fazer este post.

Dado que interpretaram mal as minhas palavras quando disse que tinha que olhar para a minha carteira e ser um pouco egoísta, se calhar não chegaram ao fundo da questão.

Quem toma conta do meu orçamento? EU!

Quem tem que olhar para a minha carteira? EU!

Por isso, como é que me podem chamar de egoísta se tenho este blog/site faz em Julho 4 anos e partilho dicas sobre tudo e mais alguma coisa.

Sou egoísta por partilhar?

Se fosse se calhar estava quietinha no meu canto a fazer a minha vidinha, as minhas renovações, a organizar as minhas gavetas e a fazer as minhas refeições de sobras e não me chateava.

Não, aceitei de bom agrado os vales que uma promotora/repositora (para a próxima pergunto a profissão dela, para não haver confusões) me deu e não pensei nas pessoas que vinham atrás, embora a moça me dissesse para levar porque tinha uma caixa cheia no armazém. Para a próxima dou-lhe um estalo e digo que não. Que eu sou muito pura, correcta  e não aceito ofertas 🙂

Aceitei de bom agrado o vale da Manteiga Matinal que me deram para usar numa próxima vez (1 vale) não acham que se fosse roubar alguma coisa, tinha mais?

Mas que ladra sem jeito eu sou 🙂 brincadeirinha, não levem isto à letra ok? Mais um pouco já andam para aí a dizer que estou a admitir que sou ladra.

Pedi na caixa o da comida dos gatos (como tenho mais contacto com cachorros) achei que deveria também dar um pouco de atenção aos bichanos que moram na rua ao pé da minha casa, ou então entregar numa Associação.

Também perguntaram porque é que não comprei logo os produtos já que tinha o vale.

Porque como já devem saber, eu não faço compras assim de repente 🙂 tenho que planear as compras.

Estava no Pingo Doce e tenho um talão do Minipreço de 20% de desconto na Planta e para além dos 50 cêntimos do vale, pensei que poderia poupar ainda mais (lá vem a parte da egoísta e chica esperta) já viram isto? Mais uma vez pensei em mim.

Vocês viram o tamanho da minha bolsa dos vales que mostrei na TV? Não tenho pasta, nem resmas nem paletes de vales. Tenho os que preciso e uso…e muitas vezes peço para o meu pai já que como ele é viúvo e tem quase 70 anos precisa de ajuda para fazer render a sua pensão. O mal de muitos reformados deste país. Isto é ser egoísta e chica-esperta?

Também houve pérolas: Uma leitora daquelas influenciadas pela má-língua, comentou que vive em Leça da Palmeira e que foi ao supermercado e que não havia vales porque eu fui lá e levei tudo.

ESTA GENTE ESTÁ DOIDA? Ou come porcaria às colheres?

Por agora já chega, porque tenho que ir ROUBAR da mão do carteiro o doseador da Skip que veio EM MEU NOME, e os vales das pizzas que também chegaram num envelope endereçado em nome da Exma. Sra. Mónica.

Em relação ao que li por aí, já tomei as devidas providências, agora é só aguardar e aplicar o que mencionei no 2º parágrafo, porque uma coisa é chamarem-me de obcecada, maluca, forreta, outra é chamarem-me de ladra. Há limites para tudo!

Quando se faz críticas construtivas não é preciso ofender.

Fiquem bem e façam o favor de serem felizes….

Related Posts with Thumbnails