Search here...
TOP
Livros

Now reading!

Comecei a ler o livro ” O Cãozinho que Chegou no Natal ” mas não passei da página 10, com certeza que depois volto a tentar.

O que mostro na foto em cima chamou-me à atenção, pelos olhinhos do cachorro, pelo título.

E estou a adorar!

Ainda vou no princípio mas já soltei valentes gargalhadas no comboio.

Algumas pessoas criticam a minha escolha de livros, mas não acham que ler deve ser um prazer? Eu não gosto de seguir carneiradas!

Disseram:

” Devias era de ler Saramago ou Gabriel García Márquez “

Pois eu gosto desta “literatura” que me põe bem-disposta!

E o resto é conversa 😉 😉

Related Posts with Thumbnails

«

»

29 COMMENTS

  • Carla

    Nem mais!!!

    E azar o que os outros pensam…

    Se gostas. Força.

    Beijocas

  • Caminhante

    Olá Mónica, concordo plenamente quando dizes que a leitura deve ser um prazer. Se tivermos que ler um livro por obrigação, muita vezes nem passamos das primeiras páginas.

    Continuação de boa leitura 🙂

    Beijinhos

  • aloucura

    estou contigo.

    há uns anos seguia uma colecção dentro da editora presença que se chamava "champagne e morangos"

    eu adorava, tinha sempre titulos q não estava á espera livros que normalmente não iria ler. adorei.

    sim tb gosto de ler saramgo e literatura mas há tanto para ler 🙂

  • aloucura

    olha, fui lá espreitar e foram estes que adorei. foram uma autentica lufada de ar fresco lol

    http://www.presenca.pt/livro/ficcao-e-literatura/… e morangos

    http://www.presenca.pt/livro/ficcao-e-literatura/… e morangos

    (este muito mas muito antes do filme q viria a popularizar mais o livro)
    http://www.presenca.pt/livro/ficcao-e-literatura/… e morangos

  • Cat

    Eu também sou assim. Não quero saber de opiniões de pseudo entendidos que dizem ser obrigatório ler isto ou aquilo sob pena de ser considerada ignorante.

  • patricia

    hello monica mais uma vez, não ligues aos comentarios cada um lê o quer, para mim é um prazer ler, tenho alturas em que "devoro" um livro num instante e também gosto da mesma "literatura" que tu…este por acaso não conheço.

    bj

  • Isa

    Isso de ler o que está na moda é tudo letra…Já vi muita gente a ler Saramago e a deprimir em cada paragrafo por não ser o seu estilo, por não compreender a escrita do autor, porque no fundo queriam ler a Mónica e o Cebolinha mas parecia mal!

    O que está mal é seguir correntes e elevar tudo e mais alguma coisa a um nível de seriedade inútil. Se não mantivermos presentes os pequenos prazeres que temos na vida enlouquecemos rapidamente.

    Parece ser um bom livro!

    Muitas gargalhadas e boa semana!

  • Helena

    Eu adoro ler, mas se o livro não me "agarra" logo de início, ainda tento mais umas páginas e se a sensação continuar, desisto!

    Do Saramago, comecei a ler "O evangelho segundo Jesus Cristo" há anos e acabei por desistir … aquilo sem pontuação é chato até dizer chega!!Nunca mais comprei nada dele, pois não quero gastar dinheiro e acabar por não ler.

    Tenho outro livro "O Pêndulo de Foucault" de Umberto Eco, também há anos, e desisti também.

    Apesar de tentar ler literatura variada, inclino-me muito para policiais, alguns romances e também históricos, mas todos têm de me "agarrar".

    A Mónica tem toda a razão, pois a leitura é para dar prazer e não para se "mostrar" que se lê isto ou aquilo, aquele ou aqueloutro.

    Peço desculpa pela extensão da resposta. 🙂

  • Teresa C.

    Olá Mónica,

    Por esse motivo e não só, quando andava de comboio, eu forrava sempre os livros que estava a ler. Primeiro protegia as capas dos livros de eventuais gorduras e depois de curiosos indesejáveis…

    Bjs.

    Teresa C.

  • Goldie

    Olá Mónica 😉

    Sabes, eu passo horas às vezes (quando tenho mais tempo) nos hipermercados a ver os livros. Uma das formas que tenho de escolher os livros é lendo as sinopses, e abrir o livro e ler um pouco para ver se me agrada o tipo de leitura . Não gosto nada de ler livros maçudos, com uma linguagem dificil, que nos faz ter que reler outra vez… Adoro ler livros leves, que me ponham bem-disposta, ou romances, ou sobre organização… Têm sempre que ir de encontro a MIm…

    bjocas e continuação de boa leitura. O livro deve ser divertido. Vou espreitar;)

  • Sara

    Olá Mónica,

    eu sou como tu, não vou em carneiradas nem em modas tontas, leio o que gosto, mesmo que não seja do agrado da maioria. Beijinhos

  • rita martins

    ola boas.. não poderia estar mais de acordo, para que ler o que todos leem se não nos faz sentir bem , ao menos que se leia o que nos levanta a o estado de espirito afinal ler só qorque o vizinho lê não tem piada…se temos a opurtunidade de escolher.

    gosto mesmo do que escreve e da maneira como pensa tenho acompanhado o seu blog á muito tempo ainda era no outro indereco e todos os dias á hora de almoço aqui dou um salto para ver mais um poste que tem dado muito aos que aqui passam beijinho grande e uma festinha no cucuruto do simão

  • Cor de Chá

    Eu cá acho que o importante é que as pessoas leiam. Não me importa se é o Eça de Queirós, o José Saramago ou a Margarida Rebelo Pinto. O importante é que se cultivem hábitos de leitura e se possa viajar através dos livros 🙂

  • Virgínia

    Olá Mónica

    Cá em casa temos uma boa biblioteca. Temos desde os chamados livros de autores consagrados, portugueses e estrangeiros, (que nem sempre são os preferidos)até às colecções do Asterix, dos Cinco, etc.

    Presentemente,conforme o estado de espírito e o tempo, que é sempre curto, escolho um livro não muito grande e de preferencia que me ponha bem disposta.

    Beijinho

  • fatima

    Olá Mónica,

    Mais uma vez parabéns e obrigada por todas as ideias que nos dá.

    A propósito de livros, os melhores são realmente os que nos fazem sorrir ou gargalhar em qqr sítio, mesmo onde todos nos olham 🙂 .

  • Susana A.

    Olá!

    É que nem mais!!

    Ler porque está na moda…. Não me parece!

    Gosto quando leio um livro, e as folhas parece que voam!! Só dá vontade de ler mais e mais…

    Mas quando estou prestes a chegar ao fim do livro… tenho pena que já esteja acabar!

    O último que li foi o PÂNICO do Jeff Abbott!

    Foi livro para me manter de pestana aberta nas viagens matinais de comboio!

    Beijinhos e boas leituras! 🙂

  • Nany

    Saramago e Gabriel Garcia marques porquê?

    Cada um lê o que quer e lhe dá mais prazer.

    Havias de ver a cara das pessoas quando digo que detesto Saramago, que não consigo ler e já tentei e acabei livros dele por persisitência e não por gosto.

    bjs

  • Nadyta

    Ora aí está o que é! Eu também adoro ler e divertir-me com isso, para dramas e filosofias baratas já chega as nossas vidas 😀

  • inês

    Olá Mónica,

    Aqui está um post que me interessa . Opá eu gostava de ter mais prazer em ler um livro, mas não consigo. Começa logo pela dificuldade em escolher um livro:

    1º – Tenho que escolher o tema (isso acho que depende da disposição com que se está na altura)

    2º – Gosto de livros com letras medias e que não seja muito grosso

    3º – Não conheço muitos autores nem o seu estilo de escrita

    4º A isto tudo ainda se agrava o custo dos mesmos.

    Gostava que desses umas dicas para uma boa escolha.

    Tenho 42 anos e até agora conta-se pelos dedos da minha mão os livros que li:

    Os Maias – Eça de Queirós (li 2 vezes acreditas?)

    A Tragégia da Rua das Flores – Eça de Queirós

    (é verdade estás a pensar, mas afinal ela gosta ou não de ler- isto foi há uns bons anos)

    Os filhos da droga

    A côr purpura (este adorei)

    e mais alguns cor de rosa

    Um beijinho

    Inês

    • syrin

      As bibliotecas têm todo o tipo de livros, de todos os temas, de todos os tamanhos, com letras maiores e menores e, mais importante de tudo, emprestam os livros gratuitamente. Ah, e se pedirem, certamente também vos recomendam livros.

      Não interessa se a pessoa lê isto ou aquilo. O que interessa é que leia.

      Façam um favor a vocês mesmas, vão a uma biblioteca e requisitem um livro!

  • Maria João

    Boa noite Mónica

    Eu como gosto muito de ler e até tenho alguns livros nem sequer ligo ou me importo o que os outros lêem pois cada um tem que ler aquilo que gosta por gostar não por imposição de ninguém.

    Mas como tu nem ligas ao que disse lê mesmo o que tu gostas e te dá prazer .

  • Rita

    Bom dia Mónica… Há já ha muito tempo que ando para deixar algum comentário, é hoje o dia 😀

    Sou aluna universitária, ainda não tenho a MINHA casa (deveras ansiada) mas sou fascinada por tudo o que se relacione com o lar. A minha visita aqui ao site, é tao obrigatória como visitar o email, ou a plataforma da universidade! Obrigada pela tua disponibilidade! é revoltante muitas vezes deparar com cada uma que te dizem… mas enfim não podemos banir da rede pessoas assim, só adienta repirar fundo e ignorar, pois serás sempre superir e para a dor de cotovelo existe muita nívia à venda no supermercado! Podes sempre indicar quando estiver em promoção para que quem precisa faça a sua poupança 🙂

    Foi este post que me levou a comentar, porque também estou a ler o livro e estou a adorar… devoras num instante. Tou a fazer um esforço para não o acabar num piscar de olhos! é mesmo uma delicia de cão. e a sua "inocência" e observações do mundo humano são fantásticas.

    Bem, boa leitura e um bom dia 🙂

  • dina

    Olha agora que uma pessoa não pode ler o que quer! Fazes bem em manter-te genuína 😉 Eu gosto de variar…

  • Maria Fernanda

    Ler é prazer! E não interessa que o autor não esteja na moda! Já comprei alguns destes com muita publicidade à mistura, sessões de autógrafos e tudo e enfiei um barrete de todo o tamanho. Também os críticos têm culpa por nos dourarem a pílula. Se calhar às vezes nem eles leram os tais livros! E também gosto de livros leves, que nos prendem logo no 1º capítulo e nos fazem soltar umas boas gargalhadas!E de outras vezes livros mais profundos que até me fazem chorar, para lavar a alma. E há aqueles que quando acabam nos deixam uma sensação de vazio, de quero mais, mais! Ler é maravilhoso!

    Fernanda – Entroncamento

  • SóniaR

    nem tive tempo de ler nada para trás,..n sei se já disseram isto ou não. Whatever!.. rs Acho que percebo o q queres dizer, os preconceitos com a literatura nem têm assim tanto sentido. para mim ler é uma viagem e cada qual escolhe o transporte e o sitio q quer visitar e ponto. Mas deixa-me lá q te diga (n resisto 😉 )Gabriel Garcia Marquez é uma viagem do "caraças"! :))) Acho q vale a pena experimentar e depois vale como qualquer viagem, podemos seguir em frente ou mudar de comboio em qualquer paragem. 😉

  • Marta

    Olá.

    Concordo plenamente, se ler deve ser um prazer então lemos aquilo que bem cremos e que bem nos apetece. Ninguém nos deve dizer o que ler ou o que não ler, pois ou lemos algo com que nos identifiquemos e temos interesse e curiosidade ou então não vale a pena. 😉

  • Videos XXX

    The new Zune browser is surprisingly good, but not as good as the iPod's. It works well, but isn't as fast as Safari, and has a clunkier interface. If you occasionally plan on using the web browser that's not an issue, but if you're planning to browse the web alot from your PMP then the iPod's larger screen and better browser may be important.

  • APC

    I PARTE:

    Curiosamente, o último post que coloquei no meu "mais-ou-menos-quase-morto-mas-que-às-vezes-ressuscita" blog tem, exactamente, a ver com isso do prazer da leitura ser o que é para cada qual, e pronto. No meu caso, falei mais sobre o "como" e tu sobre o "quê", mas vai dar ao mesmo. Chamei-lhe "uma forma simples de felicidade", LOL
    http://camuflagens.blogspot.com/2012/01/uma-forma

  • APC

    II PARTE

    E apesar de o meu post falar de literatura russa, um outro que escrevi em tempos versava sobre um livro da Margarida Rebelo Pinto, e bem nas tintas estive para o que fossem achar ou deixar de achar. Nunca a havia lido, por isso não poderia dizer nem bem nem mal. A verdade é que a li num dia sui generis e gostei de tudo: do dia e de o ler, por isso quis prestar-lhe esse insignificante tributo (se voltei a ler MRP? Não, não voltei. Porque acabei por achar que um dia não são dias, e que a sua forma de escrever não se adapta ao meu jeito de ler, mas:
    http://camuflagens.blogspot.com/2006/11/anima-plu

    Posto isto, é como dizes e "mai nada"! 🙂

    Um beijinho,
    Paula

Responder a Cor de Chá Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *