No outro dia (na hora de almoço) estava com colegas de trabalho, e veio à conversa os alimentos proibidos. Intolerâncias, doenças, enfim…conversas da treta 🙂

Verifiquei que nas minhas pesquisas e conversas com nutricionistas, eu e devido à minha Tiroidite de Hashimoto (que nome pomposo) tenho uma lista enorme de alimentos proibidos. Alimentos que pioram (ou não melhoram) o meu estado.

Digamos que não posso comer imensa coisa. Alimentos que costumo comer. Alimentos de que gosto.

Com o tempo e devido ao facto de já estar a tomar a medicação, verifiquei que não estou a cumprir a lista. Não estou a mudar em termos de alimentação. Continuo a comer o mesmo, quando não devia.

Se quero melhorar, se quero desinchar, se quero emagrecer (embora saiba que esta parte é a mais complicada), desta maneira não vou conseguir mesmo.

Não posso queixar-me se não estou a fazer por isso.

É uma das coisas que detesto, e que também não aprecio nas outras pessoas. Queixar e não mexer uma palha para mudar/melhorar. Como se a solução viesse bater à nossa porta. Não, não vem e se não nos mexermos e se não nos aplicarmos a coisa não muda. Não adianta.

Só para terem uma ideia, eis alguns alimentos que não posso (devo) comer:

Alimentos proibidos:

Laticínios. Incluindo manteiga, queijo, iogurte, leite, bem como qualquer produto lácteo derivado de vaca, cabra, ovelha, ou outro mamífero. Lactose.

Cereais. Incluindo trigo, arroz, cereais, aveia, quinoa, centeio, cevada, cuscuz. Não coma pão, massas, cereais e pizza.

Legumes. Só os feijões de todos os tipos (de soja, preto), ervilhas, lentilhas e amendoins.

Adoçantes naturais e artificiais. Incluindo o açúcar, mel.

Chocolate. O chocolate de leite contém leite e açúcar e, portanto, deve ser evitado. Não há nada de errado com o chocolate preto (com mais de 75 % de cacau); na verdade, é um dos alimentos mais nutritivos que existem. No entanto, muitas pessoas que são intolerantes ao glúten também são (infelizmente!) intolerantes às proteínas do chocolate, por isso deve ser evitado.

Alimentos processados ou refinados.

Refrigerantes, incluindo refrigerantes diet e sumos de fruta. Todas as formas, incluindo variedades “naturais”. Evite sumos de frutas porque são ricos em açúcar e facilmente os ingerimos em grandes quantidades. A água de coco é boa, mas limite-se a beber metade de um copo por dia; é muito doce. Água com gás ou mineral são boas opções.

Álcool. De qualquer forma

Enfim, como podem ver, estou lixada 🙂

Vou tentar melhorar isto e com o tempo sei que consigo. É tudo uma questão de hábito. O ser humano é de rotinas e hábitos.

Vou tentar fazer menus quinzenais para organizar-me e gerir muito bem a minha alimentação.

Sabem o que vos digo?

Estou farta desta vidinha de esquisitinha 🙂 🙂

Related Posts with Thumbnails