Melhora à segunda,sem dúvida, mas mesmo assim o corpo e mente sofrem.

O parto já passou e deixa algumas mazelas, os músculos ficaram moles e não foram só os da barriga, ninguém fala muito do músculo mais importante da gravidez, mas o perineo, principalmente após a segunda gravidez, fica mais flácido e precisa de ser trabalhado para evitar complicações futuras.

Desta vez eu só sentia um peso enorme lá em baixo e a sensação só parou quando comecei a fazer as contracções do perineo, e é importante que todas as mulheres o façam, pois evita incontinência ou problemas como o prolapso do útero mais tarde na vida.

Continuando com a parte física, o pós parto é passado no meu caso com muito do meu tempo de mama ao léu  e não é fácil também, a subida do leite e o  tratamento especial que as nossas produtoras do mesmo requerem ocupam o já pouco tempo que temos para descansar, ainda assim, dar de mamar está a correr bem e já entrámos em modo cruzeiro!!

A segunda filha porta-se bem para um recém nascido e a mãe tem conseguido manter-se sã, faz-me alguma falta a companhia de adultos, às vezes só para ter com quem falar durante o dia pois o pai já voltou ao trabalho e acabo por estar o dia todo a falar com uma bebé.

Valem-me os dias mais compridos e a promessa de mais calor para poder passear mais tempo e arejarmos as duas.

Related Posts with Thumbnails