O meu irmão é estofador e eu peço sempre ao patrão dele, restos de esponja para as minhas maluquices de DIY.

Mas as esponjas dão para imensas coisas, que nem imaginamos assim à primeira.

Ora vejam:

– Terra dos vasos

Se é uma assassina de plantas como eu (Deus me perdoe), coloque um pouco de esponja no fundo do vaso e assim a terra mantem-se húmida mais tempo.

– Legumes frescos

Para que os legumes não estraguem na gaveta do frigorífico, coloque no fundo da gaveta, esponja à medida.

Quando estiverem molhadas, escorre-as e deixe secar antes de as colocar de novo.

Lave-as de vez em quando com detergente e lixívia para que não acumulem bolor.

– Sabonete

Para quem usa sabonete para lavar as mãos na casa de banho, coloque um pouco de esponja na saboneteira.

Assim o sabonete não fica com aquela pasta viscosa.

A esponja absorve a água e assim não ganha essa pasta.

– Bengaleiro

Para que o chapéu-de-chuva não molhe o chão de casa, coloque esponja no fundo do bengaleiro, assim não acumula água e o chapéu não pinga o chão quando o retirar de lá.

Se souberem de mais dicas, partilhem. Assim aprendemos todas.

Related Posts with Thumbnails