pasta1

(a minha pasta dos cupões)

Muito se tem falado sobre os cupões de desconto.

Ontem saiu um artigo no Jornal Público, onde fui mencionada, porque houve um aumento de 40% no uso dos vales no período de um ano.

Eu acho que é o desespero das famílias. A vida está tão difícil, e eu tenho muitas leitoras que me questionam sobre isso e pedem-me ajuda para pouparem na conta do supermercado.

Nestes tempos de crise, há que aproveitar tudo aquilo que temos à disposição, mas temos que ter em atenção que não é uma maneira inteligente de poupar, se comprarmos só porque se tem desconto, só porque se tem vale.

Eu faço muita pesquisa, faço muitas contas, vejo se é vantajoso usar os cupões, troco com as minhas leitoras (quando não os ofereço sem nada em troca), porque acho que é um auxilio para a diminuição de uma das mais fortes parcelas do orçamento doméstico.

Mas, não considero o seu uso o mais importante na redução da despesa.

A feitura dos inventários da despensa e do congelador, o planeamento das refeições, a consulta dos panfletos, o estar atento às promoções existentes nos supermercados, esses sim, são os mais importantes na redução da despesa.

Aproveite para fazer stock quando apanha uma boa promoção, faça isso em produtos com maior durabilidade e que seja da sua preferência.

Faça cedências na escolha de certos produtos de marca, existem as mesmas opções de marca branca com elevada qualidade e são muito mais baratas.

Aproveite as sobras e leve a marmita para o trabalho.

Sente-se, perca um pouco de tempo, organize-se e de certeza que consegue.

Ao fim de um tempo, vai ver que o que poupa é um incentivo para continuar a melhorar a técnica.

Boas compras e boas poupanças.

Related Posts with Thumbnails