Search here...
TOP
Aproveitar Arrumaçao Organização Poupar

Aproveitar – Expositor Acrílico!

Na semana passada quando cheguei ao jardim para passear o meu Simão, encontrei a dona da frutaria da minha rua.

Tinha acabado de colocar este expositor em acrílico ao lado dos contentores da reciclagem.

Disse que um fornecedor lhe deu um maior e não tinha espaço para os 2.

E eu perguntei se estava partido ou com algum problema e ela disse-me que não.

Já estão a adivinhar o que eu fiz, certo?

Peguei e levei-o para casa.

Ainda não sei bem onde o colocar (provavelmente vai parar à garagem para arrumar alguma coisa), mas não o consegui deixar lá.

Já pensei em algumas alternativas:

– Arrumar revistas

– Colocar cestos (estes que tinha em casa são mesmo à medida) e colocar coisas perdidas

– Etiquetar os cestos e colocar na garagem para arrumar ferramentas (?!?)

Vocês também aproveitam estes “achados”?

Related Posts with Thumbnails

«

»

24 COMMENTS

  • Didá

    podes ter a certeza que se apanhasse uma coisa dessas, me ia ser muito útil 🙂 Vou mudar de casa e estou farta de pensar em ti. quero tudo muito orgaizadinho e não sei se me vou desenrascar sozinha…

  • Betty

    Bom dia Mónica,
    Claro que aproveito. Esse está muito fixe. Não ficaria bem na casa de banho ou na cozinha? É tão giro que é uma pena ficar escondido na garagem.
    Bjs
    Betty

  • vera

    Olá Mónica,
    sinceramente, faz-me muita confusão trazer coisas da rua para casa…..mas isto sou eu, claro.
    Nunca trouxe nada, nem pretendo trazer, no entanto conheço quem seja a "rainha das coisas achadas", e acho que se se sente bem fazendo o que faz, não tenho nada contra. A mim faz-me confusão….manias :p

  • Maria do Porto

    Olá, Mónica!
    Que grande sorte… Esse expositor “equipado” com os cestos é excelente. Se fosse meu. usava-o para organizar todo o meu material de “arts & crafts”: um cesto para novelos de lâ; outro para linhas de crochet e de bordar; outro para as caixinhas de alfinetes, botões, molas ganchos; outro para fitas, cordões, apliques…e o último para as revistas de on tiro os modelos e as ideias!
    Mas isso era se fosse eu a “esbarrar” com uma coisa tão jeitosa! 🙂
    Mais uma vez, parabéns pelo blog! É o meu vício, visitá-lo todos os dias!

  • Nika

    olá Mónica…já alguns dias não comentava…tenho vindo cá de fugida eheheheeheee
    Gostei do teu aproveitamento…..ficou muito interessante….mas talvez ficará melhor na garagem do que na sala….acho que fica muito pesado na sala….é a minha opinião….mas contudo tá muito bem pensado!!!!!
    beijinho

  • Filipa

    Bom dia,
    Nunca encontrei nenhum achado assim mas acho óptima a ideia. Ainda por cima cima acrílico, é super versátil e fica bem em qualquer lado. Acho que a ideia da garagem é óptima ou então numa despensa (se houver parede disponível) com as batatas, cebolas, sacos…. nos tais cestos.

    Beijinho,
    Filipa http://www.welc-home.blogspot.com

  • Amura Design

    aproveito bastante !
    há quem tenha vergonha de o fazer, mas eu não se vir uma oportunidade.
    há muita coisa que as pessoas se livram apenas porque já não se adequa à decoração ou por motivos de mudanças, e as mesmas se encontram em bom estado.
    para quem tem jeito para a bricolage há que aproveitar.
    um dia destes coloco no meu blog fotos dos restauros que faço de alguns "achados" 🙂

    beijinhos

  • Cátia

    Gostei muito de ver com os cestos. Fica mesmo giro. Por exemplo, lembrei-me que no quarto ficaria bem com fios, cintos, coisas perdias, pulseiras, enfim… [isto no meu caso que não tenho muito espaço no quarto]. Mas agora fica na imaginação de cada um. Depois fico à espera de qual foi a ideia, sim?!
    http://viverentrelacos.blogspot.pt/

  • Margarida

    Acho que deve ficar muito bem com revistas. Ou então mesmo com os cestos que tens fica muito bem. Gostei muito.

  • Nhammi

    eu nao… mas o meu pai traz tudo e mais alguma coisa 😛 umas uteis, outras nem por isso… lol

  • Susete

    Eu adorei a ideia com os cestos ficou fantástica 🙂 , eu também aproveito coisas se me interessarem 🙂

  • Mónica Cardoso

    Eu colocava na garagem, mas com caixas com tampa para proteger do pó…

  • Vania

    Às vezes encontram-se coisas com bastante utilidade, nesse caso o expositor realmente adapta-se em qualquer lugar. http://wordsplusphotos.blogspot.pt/

  • Renata

    Quem me dera fazer um achado desses…
    Eu aproveito tudo o que posso e quando sei de algo que alguém vai mandar para o lixo, vejo sempre se há uma solução…
    Quanto ao expositor, pode servir para arrumar revistas, com os cestinhos para outras arrumações na despensa…

  • Maria Fernanda

    Cata lixo sou eu também. Tenho um escaparate com prateleiras na casa de banho onde tenho toalhas, cestos com produtos, flores, bibelôs, etc. A televisão da cozinha veio do contentor, o teclado que estou a usar (sem fios) também, a impressora idem… Tenho umas cadeiras para reciclar e fazer um tampo (só sou preguiçosa para lixar e então vai-se arrastando). Até já encontrei uma pulseira de prata enrolada nuns cordões de seda que achei úteis sabe-se lá para quê …
    Fernanda – Entroncamento

  • apc

    Gosto da arte de garimpar (somo se diz no Brasil), sim. Mas geralmente é quando passo os meus fins-de-semana prolongados fazendo turismo rural, que por esses caminhos encontro sempre coisas interessantes. Fora isso (em cidade), não ligo, não olho, não procuro, não me puxa. A menos que eu tenha a ideia antes de encontrar a coisa, o que é diferente. Mas quando adquiri a minha casa, uma das coisas que o antigo proprietário lá deixou ficar foi uma espécie de armário de gavetas em verga, já com uns anos. O armário foi para o lixo, mas as gavetas guardei-as, e são cestinhos lindos e super resistentes, onde guardo as cebolas, os alhos e a nozes na despensa. Ficam perfeitos lá, a fazer de gavetas também. E agora preciso de arranjar umas caixas de fruta numa mercearia qualquer. E uma ou outra gaveta velha de madeira para criar uns canteiros extra no quintal. Lá está: quando sei o que procuro, aí já procuro (La Palice).

  • apc

    Ah, lembrei-me de um achado que fiz, sim. Ia eu a caminho não sei de onde, ainda perto da minha casa, e, ao passar por um contentor, vi ao lado um grande cesto de verga escuro com muito bom ar. Dei-me ao trabalho de o apreciar melhor e achei-o perfeito para colocar a lenha da minha salamandra, por isso regressei a casa com ele. Já vi igual ou parecido em vários sítios, e rondam os 40€. Também tenho visto muitos que não aparentam ser tão robustos (nem giros) como este! 🙂

  • Podia ser uma sapateira. O que achas?

  • Elsa

    Nunca encontrei nada que valesse a pena olhar duas vezes e se calhar nem ia trazer para casa se encontrasse, que tralha a mais já eu tenho. Eu estou mais no lado daquelas que têm "lixo" para deitar fora.
    Quanto ao seu expositor eu não colocaria ferramentas, nem nada muito pesado, porque apesar de tudo o material não é muito resistente e com o peso pode partir.

  • Sandra Sousa

    Mónica,

    Encontrasse eu um expositor desses na rua, trazia-o de imediato pra casa. é giríssimo!!

    Não tenho tido a sorte de encontrar grandes achados na rua, mas já encontrei uma mesa toda retro que, agora (depois de devidamente recuperada por mim), é a inveja dos amigos quando vêem 🙂

    E mais, agrada-me MUITOOOO poder dar uma nova vida a um objecto que tinha sido abandonado no lixo. Penso que é tb nossa missão reutilizarmos o mais que pudermos, dar uma vida longa aos objectos portanto. Pra bem do planeta.

  • Isa

    Olá Mónica
    Não é por algo ter sido colocado no lixo, que seja de facto lixo. Há muita gente que se desfaz de coisas só porque se cansaram delas ou deixaram de fazer sentido nas suas vidas. Vou dar um exemplo meu. Quando mudei de casa desfiz-me de imensas coisas, inclusivé serviços de loiças inteiros e uma mobilia de casa de jantar do sec 17. Acontece que eu não sabia a quem havia de dar e não tenho feitio para andar a perguntar se alguém quer. Por acaso a mobilia ficou com uma familia de um prédio próximo mas, o resto coloquei em caixas junto ao lixo com um papel por fora a dizer o que continha e o estado impecavel dos objectos. Posso garantir que não ficaram lá nem uma hora. Eu também trago para casa se for algo que me agrade muito e tenho dois cestos de vime que trouxe dessa forma que toda a gente que os ve se encanta com eles.
    Por mim não tem nada de mal, depende de como foram colocados perto dos contentores, Se esrtiverem dentro dos contentores não mexo.
    E pronto, já dei a minha opinião.
    Bjs

    Isa

  • idaleta

    gostava de ter feito esse achado, ia penduralo na porta do meu quarto e tinha sempre as caixinhas dos meus sapatos pronta a servir e assim tenho em caixas dentro do roupeiro, para tirar um, tenho que tirar todas, tenho a sapateira ja cheia e os do meu filho estão no quarto dele senão não havia espaço mas dentro dessas caixinhas ficavam lindos e sempre a mão.

  • RuBy

    Oi Mônica, acessando teu blog e vendo este post sobre esse expositor, fiquei pensando que ficaria uma graça se vc colocasse uns vasinhos com flores ou perto de sua cozinha com temperinhos. Bom fica aqui minha dica.
    Bjos e fique com Deus.

  • apc

    Falei, falei, e esqueci-me de deixar a minha posição mais profunda sobre essa coisa de se dar novas vidas a uma velha vida quando reutilizamos: http://camuflagens.blogspot.pt/2006/08/reviver.ht

    Boa semana! 😉

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *