Não fui eu, foi a gripe 🙂

Bem, nem sei o que vos diga.

Que semana horrível.

Na sexta feira passada fui sair com duas amigas, apanhei frio e no sábado acordei com gripe.

Tinha tanta coisa para fazer e apenas fiz as marmitas e fui ao veterinário com o Simão porque tinha de ser. O resto do tempo estive deitada no sofá de molho.

Arrastei-me a semana toda. Muito trabalho, cheia de dores no corpo, entupida e farta desta porcaria toda 🙂

Isto tudo para vos dizer que pequei.

Meus amigos, eu pequei porque estava doente (é isto que digo para me sentir menos mal) mas quando estou doente, fico carente e só me apetece comer porcarias.

Estou doente, consolo-me na comida.

Comi pão, comi um hamburger, comi pizza e soube-me pela vida.

Mas, e há sempre um mas, estraguei tudo e estou inchada que nem um pequeno cachalote.

O meu corpo já não estava habituado, estava a cumprir muito bem com as regras que defini e agora que estou melhor, vou começar tudo outra vez.

Enfim, não é o fim do mundo mas notei que a antiga alimentação não é mesmo para mim. Não gostei do que senti depois de comer. O durante é maravilhoso, pior é o depois.

Só me apetece dizer asneiras.

Related Posts with Thumbnails