Num trabalho para a escola tive que escrever sobre energias renováveis e maneiras de poupar, por isso lembrei-me de uma dica de um dos meus livros que passo a transcrever.

Antes de se por a comprar um electrodoméstico novo, vale a pena fazer o trabalho de casa e estudar as diversas opções.

Muitas vezes, o electrodoméstico mais barato acaba por ser mais caro em gastos de energia e consertos.

Procure os electrodomésticos de classe superior, mas faça cálculos para comprar o investimento inicial de um equipamento de classe A, por exemplo, e o que gastaria noutro de classe B.

Se optar por equipamentos de elevada eficiência energética, poupará seguramente, mas convém ter em atenção alguns cuidados e rotinas diárias que potenciam a economia e deverão estar no manual do fabricante.


Retirado do livro: Como poupar sem perder a cabeça

Related Posts with Thumbnails